Grid List

Museu da Língua Portuguesa deve ser reaberto no final de 2019 (Foto: Gilberto Marques/Governo de São Paulo)

Cidade

Foram concluídas nesta quarta-feira, 18, as obras de restauro da cobertura do Museu da Língua Portuguesa, na Luz, região central de São Paulo. O prédio sofreu um incêndio em dezembro de 2015. A cobertura do prédio passa a ter o equivalente a 89.150 quilos de madeira certificada da Amazônia. Além da reconstrução de todo o telhado, já foram concluídos o restauro da fachada e das esquadrias e as ações de conservação da ala oeste. As obras devem ser concluídas no segundo semestre ...

Amorim está foragido por matar o pequeno Luís (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

Cidade

Em uma decisão do júri popular, o enfermeiro José Amaro Jesus de Amorim foi condenado foi a 25 anos e oito meses por torturar, matar e sumir com Luis Guilherme Silva de Campos, de quatro anos. O parceiro dele, o universitário Lucas Andrade Cerqueira, terá de cumprir dois anos e oito meses em regime inicial aberto. Amorim está foragido e foi julgado à revelia. De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado de São Paulo, o enfermeiro obrigava o menino a fazer tarefas domésti ...

Muitos protestos foram realizados em Olímpia, interior de SP (Foto: Jonas Olmos/Prefeitura de Olímpia/Divulgação)

Cidade

A morte de um homem por parte de um policial militar desencadeou uma onda de violência nesta madrugada em Olímpia, no interior de São Paulo, a 429 quilômetros da capital. Houve protesto de moradores e 15 ônibus e dez carros foram incendiados na cidade, sem o registro de vítimas. Quase todos os ônibus estavam na garagem de uma empresa local, no bairro Harmonia. Já os carros se encontravam no pátio de recolhimento do Departamento Nacional de Trânsito (Detran). A confusão começou na n ...

Poupatempo pede para usuários acessarem site oficial ou aplicativo (Foto: Gilberto Marques/ A2img/Fotos Públicas)

Cidade

O Poupatempo informou nesta quarta-feira, 18, que está tomando providências jurídicas contra um site que vem dando um golpe eletrônico desde quinta-feira, 12, já tendo feito mais de 40 vítimas. O site especializado em serviços de despachante online oferece serviços relacionados a documentos oficiais do Estado, como RG e CNH, e induz as vítimas a pagarem falsas taxas bancárias de até R$ 68,00. O Poupatempo destacou que "não cobra taxa de agendamento, mas o site cobra por esse servi ...

Quadrilha teria roubado R$ 8,6 milhões em cargas (Foto: ASCOM/PF)

Cidade

A Polícia Federal (PF) prendeu, na terça-feira, 17, sete pessoas acusadas de serem integrantes de uma quadrilha de roubo de cargas em São Paulo. Foram apreendidas armas, veículos e dinheiro, mas a corporação não divulgou detalhes sobre as quantidades. A ação faz parte da Operação Transbordo, que cumpriu 173 mandados judiciais expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió. Há estimativa que a organização criminosa, acusada de roubo de cargas de caminhões, em seis Estados, tenha cau ...

França disse que é grato a Alckmin, mas que deve dividir palanque com concorrentes do ex-governador (Fotos: GOVESP/Fotos Públicas)

Cidade

Diante de um crescente distanciamento político de seu antecessor provocado por pressões partidárias, o governador paulista Márcio França (PSB) já admite abertamente dar palanque em São Paulo a adversários do ex-governador e aliado Geraldo Alckmin (PSDB) na eleição presidencial. Embora jure lealdade ao tucano, que o escolheu como vice em 2014, França disse à reportagem que não vai evitar dividir espaço em eventos de campanha com presidenciáveis de partidos que integram a sua coli ...

Vacinação não cumpriu meta nos grupos prioritários (Foto: Eduardo Saraiva/Fotos Públicas)

Cidade

O vírus influenza A, ou H1N1, foi responsável pela morte de 33 pessoas, somente este ano, na Capital. Ao todo, foram 50 óbitos causados por gripe na cidade. Os números foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde para alertar a população sobre os riscos da doença, que pode ser evitada com a vacinação. Para efeito de comparação, no ano passado houve somente um óbito por H1N1 confirmado. Já em 2016 ocorreram 128 mortes. Este ano, a campanha de imunização terminou oficialmen ...

Empresa garante que há mais ônibus em outras linhas (Foto: Divulgação)

Cidade

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (Emtu) cancelou, entre janeiro de 2017 e maio de 2018, 28 linhas intermunicipais de ônibus. Os números foram obtidos pela TV Globo, via Lei de Acesso à Informação. Entre os municípios afetados, estão Guarulhos, Itaquaquecetuba, Santo André, Barueri, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, entre outros. Os passageiros reclamam que não houve consulta ou aviso prévio. Segundo a empresa, neste mesmo per ...

Ônibus e Caminhões têm grande parcela na poluição da Região Metropolitana de SP (Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas)

Cidade

Ônibus e caminhões são responsáveis por cerca de metade da poluição atmosférica da região metropolitana de São Paulo, apesar de representarem apenas 5% da frota veicular, segundo um estudo publicado nesta segunda-feira, 16. O trabalho faz uma dissecação inédita dos poluentes que contaminam o ar da metrópole paulistana, permitindo separar o que foi emitido por veículos pesados, com motores a diesel, daquilo que foi gerado por veículos leves, como carros e motos. Os resultados apo ...

Covas quer convencer Estado a repassar área à Prefeitura (Foto: Rovena Rosa/AE)

Cidade

O prefeito Bruno Covas (PSDB) pretende solicitar ao Governo do Estado, comandado por Márcio França (PSB), cessão do terreno onde está instalado o ginásio do Ibirapuera. Isso porque o imbróglio gerou impedimento na proposta de concessão do Parque Ibirapuera, pois o projeto abrangia os terrenos do Estado. O parque municipal é utilizado por um equipamento público da Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude. “Pelo visto, o acordo foi desfeito. Então vamos ver se é o caso de a ...

Serão abertas 575 vagas em novo concurso do Detran (Foto: Uriel Punk/AE)

Cidade

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) deve publicar, em aproximadamente 180 dias, o edital de abertura de um concurso público que prevê a oferta de 575 vagas para preenchimento imediato, com ganhos iniciais de até R$ 4.657,50. O prazo foi determinado pela Lei Complementar nº 1.328, promulgada pelo governador Márcio França, na última quinta-feira, 12, via Diário Oficial do Estado.  Das 575 vagas, 375 são para a função de oficial estadual de trânsito e 200 p ...

Vacinação tem baixa adesão na cidade de São Paulo (Foto: Rovena Rosa/ABR)

Cidade

De julho de 2017 até junho deste ano, foram registradas 163 mortes por febre amarela no Estado de São Paulo, de acordo com boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde na semana passada. Em um mês, foram seis casos confirmados, já que, em maio, eram 157 óbitos. Segundo o Governo Federal, não é possível contabilizar em “tempo real” a doença, já que são vários casos investigados. Em todo o Brasil, são mais de 1,2 mil óbitos em que há suspeita de a causa ter sido ...

Lúcia preside o Fundo Social de Solidariedade do Estado (Foto: Ivo Lindbergh)

Cidade

Lúcia França, de 56 anos, a primeira-dama do Estado de São Paulo, pode ser considerada uma educadora desde os 13 anos, quando dava aula para alunos da mãe - também professora -  que tinham mais dificuldade de aprendizado. Aos 16 cursou o magistério para ter uma profissão, mas é sincera ao dizer que hoje sente que sua vocação realmente é a educar, com foco em alfabetização. Nascida na Capital, mudou-se para São Vicente aos 10 anos de idade. “Fui procurar o Márcio”, brincou Lúcia ao se referir ao marido, o governador Márcio França (PSB). Mãe de Helena e Caio França, conta que ama o trabalho de modificar a vida das pessoas para melhor. À frente do Fundo Social de Solidariedade, comanda a Campanha do Agasalho e implantou ainda os programas Natal Espetacular e Costurando o Futuro. Lúcia também é dona da primeira escola particular de Praia Grande, fundada há 36 anos. A senhora sempre fez parte deste mundo da política?  Lúcia França – O mundo da política sempre fez parte da minha vida. Primeiro porque eu vinha de um movimento católico quando teve a abertura, então a igreja católica se posicionou muito sobre várias questões. O Márcio sempre quis ser político e, desde os 19, 20 anos, sempre disse que seria governador. Teve um momento que eu sabia que estaria aqui. Como é exercer  esta função no Estado e qual a diferença da presidência do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente, a qual também tutelou? A maior diferença é o fato de ser parceira de 645 municípios, mas, sinceramente, eu acho que a minha experiência como professora, gestora, mediadora de conflitos, me dá muito mais bagagem do que o fato de ter sido primeira-dama em São Vicente. Eu acho que isso me deu uma bagagem muito grande no sentido de atender as pessoas. Além do que já foi feito, quais projetos mais quer para o Fussesp?  Em relação aos cursos que oferecemos, gostaria de acrescentar algo de empreendedorismo. Algo que desse a noção uma incrementada no conteúdo curricular com esta gestão de negócios.  O que falta para o Márcio atrair votos à reeleição?  O Márcio ainda não é conhecido. Teremos um período de campanha eleitoral, alguns fatores, como a greve dos caminhoneiros, apesar de ter sido ruim por parar o Brasil, foi benéfico no sentido de mostrar que o Márcio é o cara que faz, capaz de ir, resolver, tanto que foi sucesso na administração de São Vicente com 93% de aprovação.  Você acha que o ex-prefeito João Doria (PSDB) foi desleal ao entrar na disputa a governador?  O Márcio votou no Doria, nós fizemos campanha para ele. A gente se sente (traído), ele tinha dado uma palavra de que não sairia. Mas o tempo dirá, se ele fez certo ou não.

Bilhete Único Estudante possui duas modalidades: meia-entrada para todos e gratuito para carentes (Foto: Arquivo/Metrô News)

Cidade

Os alunos que têm gratuidade no Bilhete Único Estudante poderão fazer sua autodeclaração e informar seu Número de Identificação Social (NIS) até o dia 31 de julho para a SPTrans. A empresa resolveu adiar o prazo, que antes era em 30 de junho, para que os alunos aproveitem o período de férias para obter o NIS. Com isso, novos beneficiários podem começar o semestre letivo já com sua documentação regularizada junto à SPTrans. Vale ressaltar que, se estourado o prazo, o estudante que não tiver comprovado a baixa renda terá o benefício suspenso a parti de agosto e deverá regularizar a situação para voltar a receber as cotas gratuitas. Caso isso ocorra, o aluno não perde o direito à compra de cotas de meia-tarifa, no entanto. Os estudantes de nível superior que possuem a gratuidade por serem participantes de programas como ProUni, Fies, Cotas Sociais e Bolsa Universidade já têm direito ao benefício e não precisam comparecer aos postos. Alunos da rede pública dos ensinos Fundamental, Médio e técnico profissionalizante também estão isentos de comparecimento. Para a manutenção da gratuidade, o estudante, ou alguém que more com ele e que seja  maior de 16 anos, deve levar obrigatoriamente o CPF ou o Título de Eleitor originais, além dos documentos todas as pessoas que moram na casa: RG, CPF, Carteira Profissional, Título de Eleitor, Certidão de nascimento ou certidão de casamento; Declaração Escolar de todas as crianças e adolescentes que estudam; Comprovante de residência com CEP (o mais recente possível).

Desolado, Gustavo Ferreira segura a máscara de Messi: "Enquanto há chance, há esperança" (Foto: Ivo Lindbergh)

Cidade

Brasileiros e argentinos costumam se provocar quando o assunto é futebol e Copa do Mundo, mas no Moocaires, bar temático localizado na Mooca, zona leste de São Paulo, eles conviveram em harmonia nesta quinta-feira, 21. Isto porque muitas pessoas nascidas no Brasil adotaram a albiceleste como a seleção do coração. No fim, após a derrota por 3 a 0 contra a Croácia, todos lamentaram o resultado e a atuação de Messi e companhia, instaurando um clima de velório no local. “Está muito difícil depois desta derrota”, admitiu o médico argentino Facundo Galetti, de 31 anos, que mora há quatro meses em São Paulo. Já o vendedor brasileiro Gustavo Ferreira, que afirmou torcer pela Argentina desde que se entende por gente, disse que ainda acredita na classificação. “Não importa se temos que depender da Croácia e golear a Nigéria. O futebol argentino é marcado pela paixão e pela garra. Enquanto há chances, há esperança”, comentou Ferreira, que além da camisa albiceleste ainda usava uma máscara de Messi. Facundo está há quatro meses em São Paulo e, apesar de ouvir piadas dos amigos, disse que gosta da cidade (Foto: Ivo Lindbergh) Durante a partida, os torcedores que foram ao Moocaires, brasileiros e argentinos, alternaram momentos de festa, gritos de apoio e provocação à Seleção Brasileira com momentos de apreensão. À medida em que os gols croatas saíam, xingamentos e caras de choro surgiam nos dois ambientes do bar – um com mesas e cadeiras, com pessoas mais quietas, e outro em que a galera ficou em pé o tempo todo. Antes de a bola rolar, Facundo elogiou o clima do bar e a hospitalidade dos brasileiros. “Eu nunca imaginei ficar no Brasil em uma Copa. Vim para fazer uma residência. Está tudo bem. Os meus amigos brincam, mas sem ofensas. Eu vi o jogo do Brasil contra a Suíça na casa deles. Comi churrasco e bebi cerveja. Somos rivais no futebol, mas somos irmãos. Brasileiros e argentinos são apaixonados por futebol. Gosto deste clima de pré-jogo, de ficar nervoso e de beber cerveja”, destacou. Revolta com a Seleção Brasileira Entre os brasileiros que estavam torcendo pela Argentina no Moocaires, alguns disseram que desistiram da Seleção Brasileira por causa dos jogadores e da CBF. “O povo argentino é diferente. Abraça a seleção sempre. Por isso tenho uma relação com a Argentina há muito tempo. Aqui é muito marketing, muita selfie, muita tatuagem e muita “frescurinha”. Não gosto da forma que a Seleção Brasileira é tratada. É muita bajulação. É difícil falar com um jogador do Brasil. Lá na Argentina já conversei com o Simeone, Verón e Batistuta, por exemplo. São pessoas simples. Aqui, atleta come em um espaço separado nos restaurantes. Futebol não é isso. Futebol é paixão”, disse o jornalista Júnior Rodrigues. Ele ainda afirmou que torce pelo Lanús e que, inclusive, viu a final da Libertadores contra o Grêmio na Argentina. “Sempre fui bem tratado lá. Vou umas quatro vezes por ano. Tenho lugar para ficar hospedado. O Galvão Bueno erra ao acirrar a rivalidade. Ele mesmo não é insultado pelos argentinos. Quando foi narrar a final da Libertadores, comeu em Puerto Madero [bairro nobre de Buenos Aires] numa boa”, relatou. Brasileiros que torcem pela Argentina: algo cada vez mais comum (Foto: Ivo Lindbergh) O ajudante de pedreiro Anderson dos Santos Lima concordou com Rodrigues. “Os argentinos têm boa vontade com a gente. Aqui, eles são maltratados. Quando era criança, em 2002, vibrei com os gols do Ronaldo, mas desde então só torço pela Argentina”, pontuou. Já o técnico de laboratório Luiz Ranieri destacou que começou a admirar a Argentina em 2006. “O Brasil foi uma palhaçada naquela Copa. Brasileiro não tem amor e nem paixão. Como protesto, comecei a torcer pela maior rival.  Depois surgiu um tal de Lionel Messi e a paixão só aumentou”, relembrou. Ranieri também rebateu os memes sobre brasileiros que torcem pela albiceleste. “Eu tenho a internet só para acompanhar meus amigos. Mas acho uma imbecilidade rotular as pessoas só porque elas têm opiniões diferentes. Eu não sou obrigado a concordar com a palhaçada da CBF. Tudo bem que a AFA não deixa de ser diferente, mas a AFA não posso mudar. Agora se todos nós fizéssemos um boicote à Seleção, a CBF mudaria”, avaliou. Proprietário do Moocaires, Cristian Galarza tem acompanhado este crescimento de brasileiros que torcem pela Argentina há 11 anos, por meio de seu bar. “Muitos brasileiros não se sentem representados pelo Brasil porque, às vezes, a Seleção não é aguerrida. A torcida também nem sempre é vibrante. Então começam a torcer pela Argentina que é um país vizinho e irmão, onde eles sentem que a vibração é um pouco diferente”, analisou.

Rapaz também exercia função de maneira irregular (Foto: Reprodução/Google Street View)

Cidade

O jovem Gabriel Chessa, de 19 anos, foi preso em flagrante nesta quarta-feira, 18, por estuprar uma menina de 12 anos em uma clínica odontológica no Ipiranga, Zona Sul da Capital. As informações são do portal G1. A garota estava acompanhada de sua mãe na Clínica Odonto Chessa, de propriedade de um parente de Gabriel. No entanto, na hora em que a menina foi chamada para fazer um exame de raios X, a mulher não pôde entrar na sala com sua filha. A alegação era de que não havia um colete extra contra radiação. Depois que deixou o laboratório, a garota demonstrou nervosismo e disse à mãe que sofreu um abuso. A mulher, então, chamou a polícia. Além do crime de estupro de vulnerável, Gabriel também operava o aparelho de radiografia de maneira irregular, já que somente técnicos podem manuseá-lo. De acordo com o dono da clínica, o jovem foi contratado para ser recepcionista. Ainda segundo o portal G1, o Conselho Regional de Odontologia afirmou que irá apurar os fatos para tomar as devidas providências legais.  A adolescente de 12 anos foi a segunda pessoa que denunciou Gabriel pelo mesmo motivo. 

Local era bastante utilizado no século retrasado (Foto: Reprodução/YouTube)

Cidade

A antiga estação de trens da Rua Doutor Torres Neves, no centro de Jundiaí, foi destruída por um incêndio na tarde desta segunda-feira, 9. O fogo consumiu o madeiramento do telhado, janelas e parte de uma parede, que cedeu. A Guarda Municipal da cidade paulista afirma que, logo ao visualizar a fumaça por meio do monitoramento por câmeras, acionou o Corpo de Bombeiros. A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), afirma que o imóvel pertence ao Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit), órgão responsável pela conservação do local e vinculado ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A reportagem contatou o órgão e aguarda retorno sobre a situação do edifício. A estação foi inaugurada em 1868 para atender à Estrada de Ferro Santos a Jundiaí, mas foi desativada após a construção de um novo terminal a 800 metros de distância do local, cuja construção foi iniciada em 1870. A "Estaçãozinha", como era conhecida, atendia aos barões do café, fazendeiros e população que seguiam do centro de Jundiaí para o interior do Estado ou capital.

Obelisco do Ibirapuera guarda restos mortais de pessoas que lutaram na Revolução de 32 (Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)

Cidade

Era julho de 1932. O Brasil vivia um período turbulento há quase dois anos. O paulista Júlio Prestes, eleito presidente em 1930, foi impedido de tomar posse por um movimento liderado pelo gaúcho Getúlio Vargas. A população do Estado de São Paulo considerava o governo Vargas inconstitucional. Neste período, várias manifestações e comícios foram realizados em terras paulistas. Dentre elas, uma tentativa de invasão do Partido Popular Paulista (PPP), em março daquele ano, que sustentava apoio ao regime. Os governistas resistiram e fuzilaram os manifestantes, entre eles Mário Martins de Almeida, Euclides Miragaia, Dráusio Marcondes de Sousa e Antônio Camargo de Andrade. Isso gerou mais insatisfação. Os paulistas se organizaram por meio do MMDC (Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo) e aí iniciava-se a Revolução Constitucionalista de 1932, que eclodiu em 9 de julho. “Essa sociedade organiza partidos, população e até a elite para fazer uma revolta contra Getúlio”, explicou o professor de história do Curso Maximize, Alexandre Takata. O movimento até teve força, mas não conseguiu vencer a mão de ferro de Getúlio. “Havia um número limitado de soldados, bem menor do que no resto do Brasil. A quantidade de armas era muito reduzida também”, disse o professor. Três meses depois de serem bloqueados por estados que fazem divisa e verem o Porto de Santos ser tomado pelo exército, os paulistas se renderam.Poucas restrições depois dos conflitos Apesar de ter vivido um conflito enorme com o Estado de São Paulo, Getúlio não fez grandes restrições depois da Revolução de 1932. “Ele não queria ter uma indisposição com SP, porque também dependia muito da economia paulista. Portanto, encerrado o conflito, Getúlio perdoou dívidas do estado e não se cogitou mais conflitos, mas percebe-se que SP perdeu muito espaço político”, afirmou Takata. Dois anos depois, foi aprovada uma nova Constituição, com leis como a garantia do voto para as mulheres, jornada de trabalho de 8 horas e 13º salário.

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Infantino afirmou que a Copa foi a melhor de todas por causa da arbitragem (Foto: Kin Saito/ CBF)

Copa 2018

França conquistou seu segundo título mundial em 20 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Copa 2018

Presidente da Fifa se esquivou de perguntas políticas (Foto: Fotos Públicas)

Copa 2018

Jogador admite que na Eurocopa havia um clima de "já ganhou" (Foto: Reprodução/Facebook)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Pré-candidato à Presidência errou ao ofender promotora (Foto: JAÉLCIO SANTANA/Fotos Públicas)

Opinião

União em São Paulo ajudou Centrão a se decidir em nível nacional. Agora, partidos que fazem parte deste grupo vão apoiar Alckmin (Foto: Renato S. Cequeira/Futura Press/AE)

Opinião

Jardim Botânico de Curitiba é um dos mais famosos do Brasil (Foto: Daniel Castellano/SMCS/Fotos Públicas)

Opinião

Ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles não está bem nas pesquisas, mas ele se mantém otimista (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABR)

Opinião