12.4 C
São Paulo
sábado, agosto 13, 2022

Juliana Paes recebe acusação de demitir funcionária com doenças, mas assessoria nega

Uma das atrizes mais conhecidas da dramaturgia brasileira, sobretudo pelos trabalhos na TV Globo, Juliana Paes está envolvida em uma polêmica pela atuação fora das telinhas. Ela recebeu uma acusação de uma ex-funcionária que foi dispensada após o término de uma licença em função de uma grave depressão. A informação foi publicada pela colunista Fábia Oliveira, de “Em Off”.

Em um vídeo publicado na internet, Ariana das Graças garante que trabalhou como governanta e cozinheira para a atriz. Recentemente, após a passagem por Pantanal, Paes encerrou o contrato com a emissora carioca, depois de 11 anos.

A ex-colaboradora da artista carioca lamentou sequer ter conquistado auxílio para continuar com o tratamento, como, por exemplo, dos custos dos remédios. De acordo com Adriana, ela paralisou as funções em novembro do ano passado após uma discussão com uma colega de trabalho que atua como babá.

Segundo Adriana, ela encerrou a licença pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) até o fim de julho. Porém, foi demitida em seguida, após receber uma ligação de Juliana no último sábado (30).

Ainda conforme a ex-funcionária de Juliana Paes, a artista, de 43 anos, teria despejado todas as ajudas que deu a ex-funcionária, principalmente que teria dado um “barraco para ela ter onde morar”.

Com protagonismos em novelas como Laços de Família (2000), Celebridades (2003), Caminho das Índias (2009) e A Dona do Pedaço (2019), a Maria Marruá comunicou, via assessoria de imprensa, que o desligamento da ex-colaboradora foi regrado pela lei.

“A assessoria de imprensa da atriz Juliana Paes comunica que a acusação feita pela sra. Adriana das Graças não procede. No último mês de julho, aconteceu, de fato, o desligamento da colaboradora. Juliana e família sempre foram cuidadosos e respeitosos com as questões de cunho pessoal que Adriana passou no período e este jamais seria o motivo para o fim do contrato. Juliana manteve Adriana trabalhando durante anos em tratamento da doença e indo além de suas obrigações como empregadora com ajuda médica e também financeira. A dispensa se deu por outros motivos e foi feita dentro da lei, garantindo todos os direitos à ex-colaboradora. No mais, Juliana não irá se pronunciar novamente sobre o caso.”

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS