26.6 C
São Paulo
domingo, fevereiro 25, 2024

Reality Show “A Fazenda” será o primeiro da história com interação no Metaverso

Perto do início de sua 14° temporada, o Reality Show “A Fazenda”, da rede de televisão “Record TV” vai contar com uma novidade revolucionária, a introdução de uma versão do programa no ambiente do metaverso.

A novidade foi revelada pela diretora de conteúdo digital da emissora, Bia Coffi, que e em entrevista ao programa ‘Hoje em Dia’, explicou como deve funcionar essa nova abordagem no reality que ao lado do BBB, domina durante toda sua duração, os índices de audiência de suas respectivas emissoras.

Bia Coffi explicou que o metaverso de A Fazenda será ambientado em um local virtual muito semelhante ao espaço onde se passa o reality show, a Fazenda, situada em uma instalação da Record.

Através de um aplicativo, os telespectadores através de uma plataforma, poderão interagir com um avatar virtual de Adriane Galisteu, que será a apresentadora dessa edição do programa.

Além disso, os usuários poderão “passear” nas instalações da Fazenda, como explica Bia.

“A Fazenda é o primeiro reality show do mundo a entrar no metaverso. A partir da estreia do programa, quem acessar o portal R7.com, faz seu cadastro e vai conseguir montar seu avatar, seu ‘bonequinho’, para passear pela Fazenda de maneira virtual”, revelou Bia Coffi.

Participantes de ‘A Fazenda’ contarão com seus próprios avatares no Metaverso

Além de um avatar da apresentadora Adriane Galisteu, o metaverso da Fazenda também contará com “personagens” dos participantes do programa, que nessa edição prometem ser uma das mais empolgantes justamente por seu portfólio, que contará com famosos como a tiktoker Ruivinha de Marte, o ator Thomaz Costa e a advogada e influencer Deolane Bezerra.

A funcionalidade exata e a diferença que cada um desses avatares do Metaverso fará dentro do jogo para os participantes, ainda não foi divulgada. Mas em comparação a outras experiências feitas, até mesmo em programas concorrentes, a expectativa é de que os mesmos interfiram em provas e interação com as torcidas.

Para efeito de exemplo, durante a reprodução da última edição do BBB (Big Brother Brasil), reality show da Globo, foi feita uma dinâmica que envolvia os participantes Arthur Aguiar e Paulo André, que tiveram uma imersão dentro de uma espécie de metaverso, no qual a dupla usou óculos VR Meta Quest 2, para cumprir desafios como em um videogame, que iam de correr, atirar e pular num combate com um robô gigante.

Além de Globo e Record, recentemente o SBT lançou o projeto SBTverso, que é uma plataforma focada na distribuição de tokens não fungíveis (NFT) em homenagem a história da emissora. Os itens fazem reverência ao aniversário de 40 anos do SBT, no qual a emissora de Silvio Santos leiloou mais de 40 NFTs em forma de fotografias que ilustravam momentos importantes da história.

A introdução do “mainstream” quanto aos NFTs passa a se mostrar ainda mais real a partir do momento que essas emissoras nacionais conhecidas do grande público passam a aderir tal tecnologia, simplificando e desmistificando o assunto.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS