16.6 C
São Paulo
quarta-feira, junho 19, 2024

Fiest ST chega ao mercado europeu em 2018









Fiest ST 2018, que é a 3º geração do modelo, possui um sistema que melhora o desempenho nas curvas (Foto: Divulgação)


Opinião

O novo Fiesta ST vai ser lançado no mercado europeu no segundo trimestre deste ano. A Ford revelou detalhes do modelo, que conta com tecnologias sofisticadas voltadas ao desempenho e prazer de dirigir.

Além de suspensão traseira com molas de força vetorial, inovação patenteada pela Ford, o hatch oferece diferencial de escorregamento limitado e controle de arrancada como opcionais.

Com novo motor EcoBoost 1.5 de três cilindros, de 200 CV, o esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e chega à máxima de 232 km/h. Ele usa uma tecnologia de desativação de cilindros para reduzir o consumo e as emissões e conta com válvula de escapamento ativa para amplificar o ronco do motor.

Os três modos de direção – normal, esporte e pista – dão flexibilidade ao veículo, fazendo o melhor ajuste do motor, da direção e dos controles de estabilidade, tração e torque vetorial para cada condição de uso.

O novo Fiesta ST tem também tecnologias de assistência, como controle de cruzeiro adaptativo, assistente de manutenção na faixa e reconhecimento de sinais de trânsito, além de central multimídia Sync 3 com tela de 6,5 ou 8 polegadas e som premium B&O Play. Seu design renovado inclui rodas de 17 ou 18 polegadas, bancos esportivos Recaro e volante de base reta.

“Os fãs de hatches esportivos esperam grandes coisas desse compacto. Nós aplicamos no novo Fiesta ST o que aprendemos com os recentes modelos da Ford Performance, incluindo o Focus RS e o Ford GT, para ser a referência em prazer de dirigir no segmento”, diz Leo Roeks, diretor da Ford Performance na Europa.

O Fiesta ST de terceira geração é o primeiro a oferecer o escorregamento limitado Quaife, que aumenta o controle em curvas, limitando a distribuição de torque para a roda que tiver a tração reduzida. Ele atua junto com o controle de torque vetorial, que reduz o subesterço aplicando os freios na roda dianteira interna em curvas.

NovoFiestaST 2 dIVULGAÇÃO

(Carro vai ser lançado no segundo semestre Foto: Divulgação)




BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

 







Onix 2015 teve um desempenho favorável nas vendas de seminovos no mercado nacional (Foto: Divulgação)


Economia


O valor de mercado do Chevrolet Onix ano 2015 permaneceu quase que estável no último ano no Brasil. Segundo levantamento da plataforma AutoAvaliar, o modelo da General Motors teve uma desvalorização de 0,09% entre 2016 e 2017, período em que foi negociado no País a um preço médio de R$ 35 mil.

O Fiat Uno Vivace 2015 e o Renault Sandero 2012 tiveram variação de desvalorização do preço de 0,12% e 0,31%, respectivamente.

“O fato de um veículo seminovo praticamente não se desvalorizar de um ano para outro deixa o consumidor mais confortável para comprar um automóvel usado”, explicou J.R. Caporal, presidente da AutoAvaliar.

O comércio eletrônico de seminovos no Brasil movimentou cerca de R$ 20 bilhões em 2017. De janeiro até dezembro do ano passado, foram vendidos cerca de 96 mil veículos no pregão on-line da empresa, uma venda a cada cinco minutos.

Dez veículos seminovos que menos perderam valor de mercado entre 2016 e 2017

MARCA………………………………….. MODELO………………………………. ANO…………………………. PERCENTUAL

CHEVROLET……………………………….. ONIX…………………………………. 2016……………………………………..0,09%

FIAT…………………………………….. UNO VIVACE……………………………. 2015…………………………………….. 0,12%

REANULT……………………………….. SANDERO……………………………… 2012……………………………………. 0,31%

VOLKSVAGEN………………………….. VOYAGE………………………………. 2014……………………………………. 0,43%

PEUGEOT……………………………………. 206………………………………….. 2008…………………………………….. 1,86%

FIAT………………………………………….. TORO………………………………… 2016…………………………………….. 0,21%

FORD…………………………………………… KA…………………………………… 2016…………………………………….. 0,63%

HYUNDAI………………………………… TUCSON………………………………. 2016…………………………………….. 0,34%

FIAT………………………………………… STRADA………………………………. 2011…………………………………….. 1,27%

VOLKSVAGEN………………………………GOL…………………………………..2011……………………………………….2,57%

 







Divulgação


Mundo


Mais uma vez, o presidente norte-americano encontra-se envolvido em polêmica. O advogado pessoal de Donald Trump, Michael Cohen, afirmou ao jornal The New York Times na terça-feira, 13, que pagou US$ 130 mil à atriz de filmes pornográficos Stephanie Clifford, conhecida como Stormy Daniels, após ela ter dito que manteve um caso com Donald Trump em 2006, quando este já era casado com a atual mulher, Melania. Cohen disse que usou dinheiro próprio para fazer isso e que não obteve reembolso da campanha de Trump à presidência nem da Trump Organization.

Stephanie Clifford conhecida como Stormy Daniels

“O pagamento para a sra. Clifford foi legal e não foi uma contribuição de campanha nem um gasto de campanha para qualquer um”, afirmou o advogado em comunicado ao jornal americano. O Wall Street Journal revelou primeiro sobre a transação financeira secreta em janeiro. Cohen se posicionou com a nota após a entidade que monitora o governo chamada Common Cause entrar na Justiça com a alegação de que o pagamento poderia ser enquadrado como uma contribuição ilegal à campanha de Trump.

 





Mustang chega para pré-venda (Foto: Divulgação)


Opinião

Mustang desembarca no Brasil após cinco décadas

O primeiro lote comercial do Mustang chegou ao Brasil com unidades destinadas aos clientes que adquiriram o veículo no programa de pré-venda. O desembarque aconteceu no terminal portuário privativo da Ford no Canal de Cotegipe, na Bahia, responsável pelas operações logísticas da empresa no País.

Após os trâmites legais de desembaraço aduaneiro, os carros foram para os distribuidores Ford, onde serão feitas as preparações de entrega para os clientes a partir do final de março. Produzido na avançada fábrica de Flat Rock, no Estado de Michigan, nos Estados Unidos, para todos os mercados globais, o Mustang está sendo trazido oficialmente ao Brasil pela primeira vez em seus mais de 50 anos.

Oferecido na versão topo de linha GT Premium, o novo Mustang faz jus à fama de alto desempenho e inovação. É equipado com motor V8 5.0 de 466 CV, nova transmissão automática de dez velocidades e pacote de alta performance. Para atender o estilo de cada comprador, conta com 11 opções de cores: branco Ártico, preto Astúrias, vermelho Arizona, cinza Moscou, azul Creta, azul Belize, prata Dublin, vermelho Vermont, amarelo Silverstone, laranja Daytona e vermelho Bucareste.

Mustang Porto 1

Guardando expectativas, linha chega no nordeste (Foto: Divulgação)

Liderança na linha top desde dezembro

Desde o início da pré-venda, em dezembro, o Mustang lidera com folga o segmento de veículos esportivos e esportivos premium no Brasil, com mais de 200 unidades comercializadas até fevereiro. O programa, feito por meio do site www.mustangford.com.br, continua aberto até o final de março. Como presente especial para marcar a iniciativa, os primeiros compradores do Mustang também estão recebendo da Ford um capacete exclusivo assinado pelo lendário piloto Dan Gurney, da Nascar e da Indy.

Modelos serão visto pelas ruas em breve

“Este é um lançamento histórico, que faz valer a pena espera para ter o Mustang no Brasil. Em breve, será possível ver os primeiros exemplares nas ruas, mudando a paisagem com seu espírito de liberdade e emoção”, afirmou Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford.

 







Veículo tem condições especiais de compra até domingo (Foto: Divulgação)


Cidade


A Ford promove entre esta sexta-feira,16, e domingo, 18, um feirão com os distribuidores da sua rede no Brasil. O evento traz ofertas do Ka hatch e sedã, do New Fiesta hatch e do EcoSport linha 2018.

Além de financiamento em 36 meses com taxa zero, a marca também vai oferecer a primeira revisão grátis para os clientes na compra desses modelos.

A principal oferta do feirão é o Ka 1.0 S com preço à vista de R$ 39.990, ou financiado com entrada mais 36 parcelas de R$ 364. Equipado com motor 1.0 TiVCT de 85 cv, ele já vem com direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, abertura elétrica do porta-malas e compartimento My Ford Dock para fixação do celular no painel com entrada USB para carregamento. A linha oferece também as versões SE, SE Plus, SE Tecno, Trail e SEL, com a opção do motor 1.5.

Ícone dos SUVs, o EcoSport está disponível nas versões SE Direct, SE, FreeStyle e FreeStyle Plus com o novo motor 1.5 Flex de 137 CV e transmissão manual ou automática, além da Titanium 2.0 Automática e a nova Storm 2.0 AWD Automática, com tração integral e estilo inovador.

O New Fiesta, hatch premium com design esportivo, também estará no feirão com as versões SE, SE Style, SE Plus, SEL, Titanium e Titanium Plus, equipadas com motor 1.6 Sigma, e SEL Style EcoBoost com o premiado motor turbo de 125 cv.

“Março é o mês em que o consumidor sai para buscar seu carro zero-quilômetro. Estamos aproveitando esse momento para trazer uma oferta especial, com a tranquilidade da primeira revisão grátis e a segurança da taxa zero”, diz Bruno Venditti, gerente de Marketing de Varejo da Ford.  

 





Leilão de imóveis é um negócio transparente e seguro, mas nem sempre rápido (Foto: Lucas Dantas)


Cidade

Mercado de Imóveis está em alta; tire dúvidas sobre leilões

 O sistema de leilões tem expandido cada vez mais seus horizontes e tem se tornado uma opção para quem sonha em adquirir casa própria. O problema é que muitas pessoas ainda possuem dúvidas sobre como funciona este modelo de negócio.

Segundo André Zukerman, diretor da Zukerman Leilões, ao contrário do que muitos pensam, o leilão de imóveis é um processo de venda transparente e seguro. Este modelo de plataforma comercial atualiza o valor da propriedade em tempo real, de acordo com os lances, com intuito de permitir uma quantia que o mercado está disposto a pagar.

Uma das principais dúvidas dos interessados, porém, é o fato de a maioria dos imóveis estarem ocupadas e o risco de a unidade se achar habitada, o que pode vir a gerar um prejuízo financeiro e emocional ao comprador.

No caso da desocupação, para pregões extrajudiciais, o processo tornou-se mais ágil. Nele, o novo dono pode requerer a disponibilidade junto à Justiça e uma liminar pode definir um prazo de até 60 dias, na maioria dos casos. “Já nos judiciais, dez dias após a homologação do pregão, caso a transação amigável não seja bem-sucedida, o comprador deve requerer ao juiz da causa a desocupação. Nessas situações, quando a propriedade já está envolvida em algum processo judicial, significa que um juiz a colocou em leilão para utilizar o valor arrecadado na quitação das dívidas das mais diversas naturezas”, explicou Zukerman. 

Segundo o especialista, o cliente deve procurar empresas que possuem uma boa estrutura, composta por profissionais capacitados, o que garante a transparência por meio de canais de atendimento especializados, assegurando que não ficará nenhuma dúvida

Imóveis sustentados viram nova tendência

A procura por imóveis residenciais e comerciais ganhou um item a mais. A geração atual de compradores não busca apenas por localização, lazer, tamanho ou preço. O cuidado com o meio ambiente também é um fator decisório, segundo especialistas ouvidos pela reportagem.

“A preocupação com o futuro do planeta e o aumento da conscientização ambiental têm feito as pessoas optarem por imóveis que reutilizam recursos como água, reduzam o gasto com energia, optem por materiais menos poluentes, madeiras de reflorestamento com selo verde, entre outros”, disse Daniel Katz, presidente da Katz Construções.

Daniel Katz Katz Construções DIVULGAÇÃO

Eficiência – Kratz afirma que eficiência energética atrai clientes (Foto:Divulgação) 

Um exemplo é o bairro Jardim das Perdizes, que conta com eficiência energética e vagas para veículos híbridos e elétricos. Já o Edifício Eco Berrini, em bairro de mesmo nome, tem um sistema de ar-condicionado inteligente, que controla vazão de ar de acordo com a necessidade

Em outros Estados, merecem destaque o Edifício Eurobusiness, em Curitiba, que tem elevadores inteligentes para economizar energia, e o Beverly Hills, de Minas Gerais, que conta com dispositivos para economia de água, captação de águas pluviais, aquecimento de água com uso de energia solar e iluminação com LED.

“O empreendimento também disponibiliza medição individual de consumo de água, luz e gás, o que permite que cada morador pague exatamente o que consumir, evitando assim o desperdício”, explicou o engenheiro responsável pelo Beverly Hills, Lucas Horta. O prédio ainda garante a acessibilidade de pessoas com deficiências.

 







Contemplação pode ocorrer por lance ou por sorteio (Foto: Divulgação)


Cidade


Com exigências cada vez mais difíceis para o financiamento de imóveis, o consórcio tem se tornado uma opção para quem quer realizar o sonho da casa própria. Segundo dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), foram vendidas 284,7 mil cotas de consórcio de imóveis, resultado 26,4% superior às vendas de 2016. O crescimento do volume de crédito gerado por este negócio é maior ainda, com alta de 45,1%, ou seja, em R$ 38,77 bilhões.

Somente neste ano, ocorreram 74,5 mil contemplações, com R$ 7,3 bilhões de crédito liberados em um ano que se encerrou com 832 mil participantes ativos. Para o diretor-geral da BR Consórcios, Rodolfo Montosa, o consórcio é mais acessível ao bolso do brasileiro por não ter juros e cobrar apenas uma taxa administrativa embutida no valor da parcela. “Hoje trabalhamos com o prazo máximo de 200 meses para imóveis. Esses tipos de consórcios possuem vários grupos com características diferentes para atender à necessidade de cada pessoa”, explicou Montosa.

Quando se compra uma cota de consórcio, seja de carro, moto, imóvel ou serviço, a administradora coloca o cliente em um grupo de pessoas que desejam o mesmo bem e que pagam antecipadamente por ele. Diferentemente do financiamento, o consorciado não entrega o objeto de desejo na hora, por isso a taxa cobrada pela administradora é mais barata que os juros de financiamento.

Para receber o bem, o cliente precisa ser contemplado por sorteio ou por lance. A segunda opção é um de leilão, na qual quem ofertar o maior valor tem o montante abatido da dívida e recebe uma carta de crédito. Sem contemplação, o valor pago é devolvido no final ao cliente.

Venda de imóveis em SP tem reação e surpreende

Após três anos consecutivos com vendas em queda, o mercado imobiliário da cidade de São Paulo voltou a crescer no ano passado. As vendas de imóveis atingiram 23.629 unidades em 2017, uma expansão de 46,1% em relação a 2016. O resultado surpreendeu o setor, que esperava um crescimento de 5% a 10% ao ano.

A pesquisa foi divulgada, na terça-feira, 20, pelo Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP) e considera apenas os imóveis residenciais novos. “Os números do mercado imobiliário em 2017 nos surpreenderam”, disse o presidente do Secovi-SP, Flávio Amary. O executivo atribuiu o forte crescimento do setor à recuperação da economia brasileira, com redução dos juros e estabilidade no nível de empregos, o que ajudou a recompor parcialmente a confiança de consumidores. “Houve uma melhora do cenário macroeconômico. Vemos nos plantões de venda a percepção de melhora entre os consumidores e o aumento da confiança em assinar o cheque”, comentou.

predio SP

Resultado superou a expectaiva do setor de venda de imóveis. (Foto: Rafael Nedodermeyer/Fotos públicas)

O lançamento de novos projetos também cresceu, totalizando 28.657 unidades – aumento de 48% em relação a 2016, ano em que o mercado imobiliário registrou a menor quantidade de vendas e lançamentos desde 2004.

Segundo Amary, parte significativa dos novos projetos está relacionada ao crescimento do programa Minha Casa Minha Vida, que está com demanda aquecida e com boas condições de crédito. O programa foi responsável por 4.154 lançamentos em São Paulo em 2016, ou 23% do total. Já em 2017, subiu para 10.343 unidades, 36%.

*Com informações da Agência Estado


VEJA NOSSA EDIÇÃO VIRTUAL

Notícias de última hora

‘Os chineses não sabem o que os EUA querem’, diz John Denton

 

Geral

Ministros do Supremo defendem equiparar homofobia a racismo

 

Geral

Ao avaliar caso de empresária espancada no Rio, especialista sugere cuidados

Reedição de ‘Grande Sertão’ deve atrair e formar novos leitores

Mudança de editoras dá novo fôlego à obra de Guimarães Rosa

Ex-chanceler israelense Tzipi Livni deixa a política

Votação online livra Salvini de processo

Com dois gols de Jean Mota, Santos vence Guarani e mantém folga no Paulistão

Levir fecha treino, mas deve manter time do Atlético-MG para encarar o Defensor

Raquel pede para ‘baixar’ apuração de caixa 2 de Lorenzoni

MP marca depoimentos em caso que envolve ministro do Turismo

  • Create an account

  • Forgot your username?

  • Forgot your password?

or

or




 






Novelas

O Sétimo Guardião

 






Novelas

Verão 90

 






Novelas

Espelho da Vida

 






Novelas

Malhação

Articulistas

  • Sample avatar

    Cristiano Medina Rocha

    Articulista

  • Sample avatar

    Célia Leão

    Articulista

  • Sample avatar

    Edmilson Souza

    Articulista

  • Sample avatar

    Jorge Tadeu Mudalen

    Articulista

  • Sample avatar

    Leandro Cano

    Articulista

  • Sample avatar

    Rodrigo Merli Antunes

    Articulista

  • Sample avatar

    Sandra Tadeu

    Articulista

Colunistas

  • Sample avatar

    Mauricio Nunes

    Colunista

  • Sample avatar

    Tony Auad

    Colunista

 




Governantes devem dar a real importância ao meio ambiente e aos direitos humanos (José Cruz/Agência Brasil)


Opinião

Ponto de vista: Proteger a sociedade ou facilitar negócios

 





Só em 2018, mais de mil pessoas foram libertadas desta vergonhosa condição (Cris Fraga/AE)


Opinião

Editorial – Trabalho escravo: uma triste realidade em pleno século XXI

 





O ativismo judicial e a engenharia comportamental do Estado brasileiro são impressionantes (Foto: EDUARDO TEIXEIRA/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO)


Opinião

Ponto de vista: Criminalização da homofobia

 





Governo precisa conciliar os interesses diversos, principalmente de quem será afetado com a reforma (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)


Opinião

Editorial: Congresso demonstra boa vontade para com a reforma da Previdência

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Índice

Índice