26.7 C
São Paulo
domingo, fevereiro 25, 2024

Governo decreta cancelamento de benefícios sociais

No comando de Javier Milei, o governo da Argentina anunciou, no último dia 20, o cancelamento de benefícios sociais de mais de 27 mil pessoas. A questão abrange irregularidades em programas associados à empregabilidade. Segundo o Ministério do Capital Humano, a economia referente a administração federal será de 2 bilhões de pesos.

A pasta indica que foram detectados 27.208 planos do “Potenciar Trabajo” e 12 planos do “Potenciar Empleo” com figuras incompatíveis. Uma das atividades executadas pelo presidente envolveu a verificação dos titulares dos programas, de modo a analisar se cumpriam os requisitos necessários para receberem os benefícios.

Entre as incompatibilidades estão as conectadas aos trabalhadores autônomos, residentes no exterior e falecidos. Acima de tudo, desde o começo do novo governo, mais de 31 mil pessoas perderam benefícios, conforme divulgado pelo jornal Lá Nación.

Por fim, outros 150 mil beneficiários que viajaram ao exterior estão na etapa de análise, ainda conforme o periódico.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS