22.6 C
São Paulo
quinta-feira, maio 26, 2022

Dilma aponta transformação do Brasil pela PPI como “paiseco exportador”

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) frisou que o preço de paridade de importação (PPI), praticado pela Petrobras, encaminha o Brasil a um “paiseco exportador”.

Em um pronunciamento, a petista criticou o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro (PL) por empossar a empresa pela culpa na elevação dos preços da gasolina e do diesel.

“É bom lembrar que o presidente da República nomeia toda a diretoria (…), sem exceção, e tem a maioria do conselho de administração. Ele não manda na Petrobras?”, declarou em entrevista ao podcast “Mano a Mano”, apresentado pelo cantor Mano Brown, em episódio que foi ao ar na última quarta-feira (28), no Spotify.

Na mesma fala, ela destacou que o país tem riquezas importantes como “petróleo, capacidade agrícola imensa, minérios (…) e capacidade industrial” e, por consequência, “não é um país qualquer”.

Ainda na entrevista, a ex-presidente comentou sobre a descoberta do pré-sal em governos petistas. Posteriormente, afirmou que “eles” elaboraram a PPI em 2016, que, por evidência, está “tirando dinheiro dos brasileiros”.

“O mercado é brasileiro, a reserva é brasileira, quem é dono da reserva? Cada um de nós, porque a Petrobras é estatal, é uma empresa pública”, falou. “A minoria [dos acionistas] é de investidores internacionais, que ganham uma banana de dinheiro com isso [PPI].”.

“É bom lembrar que o presidente da República nomeia toda a diretoria (…), sem exceção, e tem a maioria do conselho de administração. Ele não manda na Petrobras?”, declarou.

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS