18.9 C
São Paulo
terça-feira, maio 28, 2024

Autor de assassinato de travesti tem condenação efetuada

Com apenas 15 anos de idade, Ester Gomes da Silva teve o direito à vida ceifa, em outubro de 2022. Nove meses depois, o autor de torturar, matar, esquartejar e esconder membro do corpo da travesti foi condenado à prisão, na cidade de Natal (RN).  Por causa da decisão, emitida  pela Justiça do Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (6), ele recebeu a pena de 18 anos e seis meses de reclusão.

Identificado como Alisson Souza de Lima, o criminoso tem 26 anos, e confessou o assassinato. Para justificar a ação criminosa, ele mencionou que teve um desentendimento com a vítima. Dessa forma, o homem foi condenado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Por meio de um vídeo gravado por câmeras de segurança na cidade, os dois são vistos  conversando no meio de uma rua, localizada na Zona Norte de Natal. A dupla caminhava rumo à Policlínica Norte. O corpo da travesti foi encontrado na unidade pública de saúde, sem a cabeça na manhã do dia 19 de outubro.

Em seguida, o homem aparece em imagens carregando uma sacola, que, segundo ele, continha a cabeça da vítima. Segundo indicam as investigações, o indivíduo guardou a cabeça da vítima em um congelador, mas, no dia posterior, arremessou o membro em um poço.

Pouco menos de um mês depois, a cabeça de Ester foi encontrada na praia de Genipabu, em Extremoz, na Grande Natal.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS