22.1 C
São Paulo
sábado, maio 18, 2024

Vereadora cadeirante é ameaçada continuadamente

A vereadora Talita Barbosa (PSB) denunciou, nesta terça-feira (22), uma série de ameaças de estupro e homicídio em dois e-mails recebidos em menos de 24 horas. Atuante na cidade de Taubaté, no interior de São Paulo, a parlamentar mostrou que as mensagens tinham os mesmos títulos: “Estupro vai fazer você andar”.

O remetente foi o mesmo nos dois conteúdos. Segundo a vereadora cadeirante, de 23 anos de idade, a mãe dela também sofreu “ameaças brutais” nos textos. As informações são do portal Metrópoles. O primeiro e-mail chegou há dois dias na conta pessoal da vítima, enquanto o segundo nesta terça no endereço profissional.

Ainda conforme a publicação, o gabinete de Talita alegou se tratar de “um crime que não apenas viola a integridade pessoal da vereadora, mas também busca silenciar sua voz em sua luta contínua por uma sociedade mais inclusiva, igualitária e justa para todas as pessoas”.

Reforços na segurança pessoal de Talita durante eventos públicos foram cobrados pelo gabinete. Eleita em 2020 com 2,9 mil votos, Talita está em seu primeiro mandato e é uma das três mulheres de um total de 19 vereadores no município.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS