19.4 C
São Paulo
quinta-feira, abril 18, 2024

Suspeitos de participação na morte de Marielle são presos

Quatro integrantes da quadrilha de Ronnie Lessa foram capturados no último dia 1°, após um suspeito de ajudar na destruição do carro usado no crime ser preso um dia antes. As duas ações policiais dizem respeito à investigação do caso da morte de Marielle Franco.

Além de Lessa, o bonde criminoso também teve como puxador Maxwell Simões Corrêa. Em síntese, as prisões do grupo ocorreu depois de uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) contra uma rede de comércio ilegal de armas e munição. As informações são da Band News.

Juntamente com o assassinato da socióloga, os investigados também têm ligação com a execução do motorista Anderson Gomes.

Dentro da delação premiada, Ronnie Lessa confessou que foi o autor dos pipocos, enquanto que Maxwell é acusado por acompanhar a rotina de Marielle, bem como integrar uma tentativa de execução sem sucesso.

Welington de Oliveira Rodrigues, chamado popularmente como “Manguaça”, é um dos alvos da operação. Ele já foi apontado como um dos gerentes do esquema da dupla.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS