17.8 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2024

Recurso sobre prisão de Roberto Jefferson é oficializado

A prisão preventiva do ex-deputado Roberto Jefferson está mantida, após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Diante da decisão, o novo pedido de liberdade apresentado pela defesa do político, que manifestava quadro debilitado de saúde, com infecções hospitalares e depressão grave, foi negado.

Na ocasião, os advogados do ex-parlamentar socilitavam a substituição da prisão por medidas cautelares alternativas ou pela prisão domiciliar. Moraes destacou que vários despachos judiciais garantem o acesso adequado aos tratamentos de saúde. Com isso, não há qualquer fato novo para reverter a prisão preventiva.

Nesse sentido, ele destaca que a prisão de Jefferson foi restabelecida após o descumprimento de medidas cautelares e descreve o comportamento agressivo contra agentes públicos, segundo divulgado pelo portal Metrópoles.

“Não há que dizer, ainda, que seu comportamento beligerante e avesso ao cumprimento de determinações judiciais cessou, tendo em vista que, atualmente, se encontra internado em estabelecimento hospitalar”, citou o ministro na decisão.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS