24.2 C
São Paulo
quarta-feira, julho 17, 2024

Professora perde cargo após intenção sexual com aluno

Uma professora do Ensino Fundamental II atuou de forma indevida dentro de uma escola municipal de Praia Grande, no estado de São Paulo. Todavia, após admitir pegar um dos seus alunos e garantir o interesse sexual nele, ela foi demitida.

A vítima tinha apenas 14 anos de idade. A confissão da profissional da educação aconteceu em aplicativo de mensagens: “Quero transar com ele”, apontou. O estudante é do 9º ano do Colégio Vereador Felipe Avelino Moraes. Por meio das mensagens, a professora, que não teve a identidade revelada, conversou com uma outra aluna.

Junto a isso, ela disse também que foi em um mercado com o estudante e um amigo, quando foi encaminhada, posteriormente, para casa por eles. Sendo assim, a denúncia partiu da mãe da aluna com quem a professora trocou as mensagens.

A estudante e o melhor amigo dela, acusado pelos alunos de espalhar a informação, receberam ameaças e agressões. Três outras pessoas do colégio teriam agredido o aluno que supostamente denunciou o caso. Um dos agressores seria o adolescente que beijou a professora.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS