21.4 C
São Paulo
quinta-feira, maio 23, 2024

Jogador comenta sobre briga com técnico

Figura icônica no futebol brasileiro, Marinho protagonizou, neste sábado (19), mais uma cena curiosa. Durante a vitória do Fortaleza sobre o Internacional por 1 a 0, o atacante ficou bolado ao ser substituído. Próximo ao banco de reservas do estádio Beira-Rio, na cidade de Porto Alegre (RS), ele chutou uma garrafa de água.

Com o fato, o ex-atacante do Vitória postou uma mensagem em uma rede social onde alegou que não estava chateado com o técnico Juan Pablo Vojvoda.

“Grande vitória diante de uma grande equipe! +3 🦁 Deixando claro que não saí chateado com o treinador, irritação de sair, faz parte. Estamos fechados e blindados, botando sempre o Fortaleza acima de tudo! Feliz em contribuir mais uma vez, vamos por mais!”, publicou.

“Depois da apresentação, nós fomos para o campo, eu abracei ele, expliquei já a loucura do homem (Vojvoda). Deixei bem claro que um jogo você joga, faz três gols e daqui a pouco nem está relacionado para o próximo ou vai para o banco e nem entra. É para se acostumar porque não tem trairagem, que é o mais importante. A pessoa tem que entender isso: que as coisas são feitas dentro de um estudo que ele (Vojvoda) faz. E que ele deixa a porta dele aberta para explicar isso, caso você se sinta prejudicado. Conversar com ele (Vojvoda) é bem tranquilo. Eu não fui em nenhum momento, respeitei”, esclareceu Galhardo.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS