21 C
São Paulo
domingo, maio 19, 2024
Array

Haiti marca eleições parlamentares e presidenciais



notíciasMundo


Haiti marca eleições parlamentares e presidenciais


23/03/2015
1:20 PM
/
Da Redação
/
Atualizado em 23/03/2015 1:20 pm

O Conselho Eleitoral do Haiti anunciou novas datas para as atrasadas eleições legislativas e municipais do país caribenho, assim como a eleição presidencial. A escolha de dois terços do Senado será realizada em 9 de agosto, assim como a da Câmara dos Deputados. A eleição presidencial será em 25 de outubro, juntamente com as eleições locais e municipais. Eventual segundo turno do pleito presidencial acontecerá em 27 de dezembro.

O agravamento da crise política no Haiti dura meses, desde que as eleições foram adiadas duas vezes em 2014. Depois disso, o Parlamento foi dissolvido, em janeiro, e o primeiro-ministro foi forçado a renunciar. Todo esse clima foi alimentado por constantes manifestações lideradas por grupos contrários ao atual presidente Michel Martelly e aliados do antigo mandatário Jean-Bertrand Aristide.

As eleições municipais foram adiadas por mais de três anos, enquanto que as eleições para um terço das cadeiras do Senado deveriam ter ocorrido em 2012.

O Haiti é o país mais pobre das Américas e possui longa história de convulsões políticas e sociais, com golpes e longas ditaduras. A nação ainda se recupera de um terremoto ocorrido há cinco anos que arrasou grande parte da capital, Porto Príncipe.

O Metrô News foi ao Haiti em dezembro e publicou uma série de reportagens sobre o país (leia mais aqui). Na ocasião, o comando da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) informou que o plano de redução gradual do efetivo da ONU (comandado militarmente pelo Brasil) funcionaria a partir de 2016 dependendo do bom andamento do processo eleitoral e de uma ratificação desse plano de retirada. “O secretário-geral da ONU deve ratificar o plano de saída gradual em março, mas tudo dependerá do andamento das eleições”, disse na ocasião o general José Luiz Jaborandy Júnior, comandante do braço militar da missão.

Registro eleitoral

O processo de registro de partidos políticos que querem apresentar candidatos já começou. Os eleitores devem se registrar na lista eleitoral antes de 10 de maio.



LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Índice