26.3 C
São Paulo
segunda-feira, fevereiro 26, 2024

Exército decreta responsável por morte de jornalista

Issam Abdallah morreu enquanto exercia trabalho para a agência Reuters, no último dia 13. Com isso, o Exército libanês entendeu que as forças militares israelenses projetaram o assassinato da vítima. Outros profissionais da imprensa também ficaram feridos no ataque realizado na fronteira.

“O inimigo israelense fez um disparo que atingiu um carro civil pertencente a uma equipe de mídia, levando à morte de Issam Abdallah, jornalista da Reuters, e ferindo vários outros na sexta-feira”, indicou o comunicado do Exército libanês.

Na ocasião, os jornalistas cobriam algumas hostilidades na área de fronteira quando foram acertados por um dos projéteis. O momento acabou gravado ao vivo pela Reuters. Em determinado momento, uma mulher gritou: “O que está acontecendo? Não consigo sentir minhas pernas.”

A Reuters afirmou, por meio de um comunicado, que a equipe está “profundamente triste ao saber que o cinegrafista Issam Abdallah foi morto”. Issam integrava uma equipe da agência no sul do Líbano que entregava um sinal de vídeo ao vivo.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS