22.9 C
São Paulo
sexta-feira, março 1, 2024

Caderno Int Not Cod 7205 Cod Sis 38



10/04/2007
Brasília


Capital federal oferece boas opções de lazer no Planalto Central



Brasília, a Capital Federal, sempre aparece nos noticiários associada a assuntos políticos e econômicos. Mas, por trás de toda aquela sisudez, existe uma cidade de beleza ímpar e que oferece muitas alternativas turísticas ao visitante. É muito mais do que o Palácio do Planalto ou a Praça dos Três Poderes. É um lugar rico em história, não é à toa que é tombada como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade (é a única cidade construída no século XX que ostenta esse título). Além disso, oferece boas saídas culturais e mesmo de aventura.

É buscando desvendar tais encantos que parte dos cerca de 1 milhão de visitantes desembarcam anualmente no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. E é justamente de abril até metade de junho o melhor momento para aportar na cidade. Nesta época, a seca ainda não começou, são comuns dias de céu bem azul, a temperatura é ótima e o pôr-do-sol se torna uma atração à parte.

Surgida a partir do sonho do presidente JK e de um arrojado projeto urbanístico criado por Lúcio Costa, a Capital Federal foi construída obedecendo aos princípios da Carta de Atenas – Grécia (1933), em que se busca integrar modernidade e funcionalidade. Visto de cima, o seu plano piloto (projeto original) lembra o formato de um avião (ou um pássaro de asas abertas, de acordo com outra visão). Essa forma pode ser percebida no Espaço Lúcio Costa, onde existe uma maquete da cidade. Fica no subsolo da Praça dos Três Poderes e é aberto à visitação de terça-feira a domingo, das 9h às 18h. Outra opção é fazer um vôo panorâmico de helicóptero, que passa pelo Eixo Monumental a 140 metros de altura. Em geral, leva três passageiros e fica no ar por cerca de 10 minutos.

Para quem tem os pés no chão, a cidade é um mar de opções. São igrejas e templos modernosos, museus, parques, além dos prédios públicos que levam a imagem de Brasília para dentro e fora do País. A Catedral Metropolitana é um deles. Projetada por Oscar Niemeyer e inaugurada em 1970, é um dos símbolos brasilienses. Tem também o Memorial JK, que é uma homenagem ao idealizador, onde se encontram fotos e objetos do presidente, inclusive sua câmara mortuária. A lista é mais ampla. Inclui os Palácios da Alvorada, do Planalto, do Itamaraty e da Justiça, o Congresso Nacional, o Panteão da Pátria Tancredo Neves, também projetado por Niemeyer e que é uma homenagem aos heróis nacionais.

Se a opção do visitante é água, uma boa dica é conhecer o lago Paranoá. Dali é possível fazer um passeio de barco de duas horas, que passa pela Ponte JK, outra atração brasiliense. Sua construção é recente, se deu em 2002. Mas isso não tem sido empecilho para que ela figure entre as pontes mais lindas do mundo.



bt_print.gif 93x20
    
email1.gif 176x20
    

voltar.gif 56x20

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS