19.4 C
São Paulo
quinta-feira, abril 18, 2024

Assessor diz que Lula não pedirá desculpas a Israel

A relação entre Brasil e Israel está em um momento turbulento. Ainda assim, após o comportamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que gerou polêmicas, não há possibilidade de pedido de desculpas ao outro país. Israel foi comparado com o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, em função do extermínio de judeus por Adolf Hitler.

Responsável por assessorar o mandatário em assuntos internacionais da atual gestão, Celso Amorim, confirmou o caso. “Existe zero possibilidade de o presidente Lula pedir desculpas. Ele não fez nada de errado. Só citou fatos históricos”, pontuou ele, em entrevista ao Estadão.

As polêmicas do governo Lula começaram desde o início do conflito, com os ataques terroristas do Hamas ao território israelense, onde civis foram sequestrados e mortos. Por causa da fala de Lula em referência direta ao holocausto, o governo israelense reagiu de forma dura.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS