20.8 C
São Paulo
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Advogada aparece em mercado antes de matar ex-sogro

A advogada Amanda Partata, apontada como suspeita de matar envenenados o ex-sogro e a mãe dele, foi presa na última quarta-feira (20), na cidade de Goiânia (GO). No entanto, antes do crime ocorrido no último domingo (17), ela foi flagrada, por câmeras de segurança, comprando alimentos para um café da manhã na casa da família do ex-namorado.

As vítimas foram identificadas como Leonardo Pereira Alves, de 58 anos de idade, e Luzia Alves, de 86. Segundo investigação da Polícia Civil de Goiás (PC-GO), ela teria feito a ação com um suco, já que o veneno seria dissolvido mais rapidamente no meio líquido.

Por meio do vídeo, é possível ver que a advogada compra alimentos e um suco de uva, em um empório no Setor Marista. Pão de queijo, biscoitos, suco e bolos no pote foram alguns dos alimentos comprados. Depois da saída, Amanda retornou para o hotel onde estava hospedada, antes de sair rumo a casa da família do ex.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS