21.6 C
São Paulo
quarta-feira, agosto 17, 2022

‘3º turno’ só serve para atrasar ainda mais a solução dos problemas



notíciasDestaque Opinião


‘3º turno’ só serve para atrasar ainda mais a solução dos problemas


10/03/2015
9:22 AM
/
Editorial
/
Atualizado em 10/03/2015 9:22 am

Exagera quem acredita que teremos outro ‘junho/13’ no domingo que vem. Exagera também quem minimiza o ‘panelaço’ do domingo passado. O clima quente das eleições ainda não foi dissipado. Ambos os lados mantêm a tática de alimentar o ódio e de dividir o País com base no preconceito. Pouco ou nada fazem, porém, para tentar resolver o que realmente importa: a situação difícil da economia e a limpeza da política.

O equilíbrio sempre tão necessário passa longe quando o assunto é o ‘terceiro turno’ da eleição presidencial. Os resultados ruins da economia já garantiriam um início de segundo mandato complicado para Dilma Rousseff. Mas as dificuldades aumentaram consideravelmente com a faca no pescoço colocada pela própria base aliada (leia-se PMDB). Cada vez mais isolada até mesmo entre os petistas, Dilma viu crescer a encorajada – e outrora insossa – oposição.

Grupos pró-impeachment crescem na internet. Muitos são motivados apenas pelo ódio ao partido da presidente ou a ela própria. Não tomam o cuidado de saber o que pode acontecer em caso de um afastamento. A ignorância pede impeachment. Só mesmo a falta de conhecimento pode explicar alguém defender algo parecido neste momento tão turbulento.

Ou há alguém sensato e que, ao mesmo tempo, acredite que passar o poder para as mãos do PMDB vai baixar a inflação e aumentar o PIB? Menos ainda: que vai resolver as brechas da nossa imatura democracia que tanto contribuem com os ladrões travestidos de políticos.

Na mesma medida, erram os que tentam diminuir a insatisfação de parcelas da população. Esses não são ignorantes. Têm conhecimento, mas são deveras apaixonados por cores partidárias. Quem consegue se desvencilhar das amarras até levanta a voz de alerta (caso de Gilberto Carvalho e Marta Suplicy). Mas a paixão é traiçoeira e cega.

Uma pena. Tanta energia jogada no lixo e que poderia ser canalizada na direção de uma ampla e verdadeira reforma.


LEIA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS