16
Sex, Nov

Cidade de Londres, na Inglaterra, enriquecem o itinerário no Velho Continente (Foto: Orlando Soares)

Turismo

Muitas dúvidas surgem na cabeça dos turistas quando o destino é a Europa. Afinal, como aproveitar em sua totalidade o período no exterior? E como estimular as crianças a não esquecerem jamais o que foi vivido fora do País?

De acordo com a empresa de visto europeu Etias, são cinco passos essenciais para que a viagem seja a mais legal possível. O primeiro é separar, pelo menos, cinco dias para cada destino. Na Europa, tudo é muito perto. É fácil querer visitar várias cidades em poucos dias, mas para se aproveitar cada lugar deve-se ter um período mais longo.

A segunda dica é mostrar filmes, desenhos ou livros que tenham temas relacionados ao continente para as crianças, criando, assim, uma expectativa boa. Filmes como Harry Potter, A Bela e a Fera e Frozen são os principais expoentes. Músicas e futebol podem ajudar nesse quesito.

O planejamento também é parte importante: pensar em quais atrações a família vai, além de combinar com os filhos o que visitar. Eles podem, por exemplo, escolher o que comer, meio de transporte e até pontos turísticos. O quarto passo é ter a documentação correta: é preciso ter cópia de tudo. O passaporte atual vem com autorização dos pais.

A última dica é ter um plano B. Afinal, não adianta cruzar um país em busca de um parque de diversões e, chegando lá, ver que ele está fechado. Imprevistos podem surgir.  

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Vista panorâmica de Florença, capital da Região da Toscana (Foto: Maurício Nunes)

Turismo

Quem nunca sonhou viver sob o sol da Toscana? São tantos filmes, livros e canções inspirados nesta região da Itália, que, para quem ama viajar, comer bem e degustar os melhores vinhos, este é, sem dúvida, o lugar perfeito para as férias.

A Itália é dividida em 20 regiões, como o que chamamos de Estados, e cada uma delas tem a sua capital. A de Toscana é a belíssima Florença, terra de Carlo Collodi, criador de Pinóquio, o boneco imortalizado por Walt Disney. Outro importante florentino é Dante Alighieri, primeiro e maior poeta italiano. Sua maior obra, A Divina Comédia, atingiu o pensamento humano na sua mais completa intensidade, garantindo ao seu autor o título de sumo poeta da Itália.

Repleta de construções magníficas, como a imponente e esplendorosa Catedral de Santa Maria del Fiore e a histórica Ponte Vecchio, construída ainda na Roma antiga e preservada até pelos nazistas na Segunda Guerra. Florença é um dos destinos mais procurados e encantadores não apenas da Toscana, mas da Europa.

O berço do Renascimento, como é conhecida, foi cenário de grandes obras de  Leonardo da Vinci, Giotto di Bondone,  Rafael, Donatello, entre outros, e hoje abriga importante parte do acervo deixado por estes mestres das artes plásticas.

Os museus abrigam obras históricas, como “O Nascimento de Vênus”, de Botticelli, a “Medusa de Caravaggio” e até o imponente “Davi”, de Michelangelo, escultura com mais de cinco metros de altura, trabalhada em mármore de Carrara, e que impressiona.

A gastronomia é outra categoria tratada com louvor. Exemplo disto é o prestigiado e secular  Buca Mario, restaurante construído no século XIX no “subterrâneo” de um edifício histórico do século XVI. Já o Cibreo Firenze foi criado pelo chef Fabio Picchi que, após cinco anos trabalhando no Japão, trouxe a cultura oriental para os pratos florentinos.   

Pisa, muito além da famosa torre

Uma boa dica é conhecer Pisa, importante polo turístico da Toscana, onde está localizada a icônica Torre de Pisa.

A cidade de Galileu Galilei e do matemático Fibonacci pode ser apreciada em um dia, caso o viajante tenha uma agenda corrida. O Hotel Bologna é a dica perfeita para acomodação, pois sua localização está próxima à estação e aos pontos turísticos. Se estiver em Florença, a melhor hospedagem é no Hotel Cellai. Suas charmosas acomodações podem incluir, inclusive, terraço com vista para as colinas e à cidade de Florença. 

Pisa é cortada pelo Rio Arno e possui monumentos de extrema importância histórica e cultural, como o monumental Teatro Verdi e a medieval Piazza dei Cavalieri (Praça dos Cavaleiros).

A Piazza del Duomo de Pisa, conhecida como Piazza dei Miracoli, é desde 1987, patrimônio da humanidade da Unesco. É neste espaço que está seu cartão-postal, a famosa Torre de Pisa ou “La Torre Pendente di Pisa”. Construída entre os séculos XII e XIV, inclina um pouco mais a cada ano, porém não há planejamentos em frenar sua inclinação, pois perderia seu charme e a cidade milhares de turistas.

A Catedral de Pisa é uma das mais suntuosas catedrais italianas. Il Battistero di Pisa é o maior batistério da Itália, e sua imponência na praça divide a atenção com a famosa torre inclinada.

Outro ponto interessante é o Cemitério Monumental de Pisa, lugar sagrado que abriga restos mortais dos personagens mais ilustres da cidade, cercados por obras de arte da idade antiga (etruscos) num verdadeiro museu com impressionantes esculturas.

Toscana é arte, história e um deleite para todos os sentidos. Talvez, por isto, Dan Brown a tenha escolhido para um de seus principais best sellers, e o leitor, provavelmente, a escolherá para suas próximas férias

Montadora transformou o carro de corrida virtual em realidade, com parceria da Fórmula E (Foto: Divulgação)

Autos e Afins

Com o carro-conceito totalmente elétrico Audi e-tron Vision Gran Turismo, a Audi está transformando a e-mobilidade em uma experiência tangível de modo único. Desenvolvido originalmente para corridas virtuais no PlayStation 4, a montadora transformou o carro de corridas em realidade com a ajuda da Fórmula E. Começando com a corrida em Roma, neste sábado, 14, quando o Audi e-tron Vision Gran Turismo será utilizado como táxi de corrida.

Clientes e convidados da marca poderão experimentar os circuitos da cidade da Fórmula E como passageiros do modelo a partir da corrida em Roma. Funcionários do centro de pré-produção da empresa desenvolveram e produziram esse carro exclusivo no período de apenas 11 meses, baseados no Audi e-tron Vision Gran Turismo do jogo para PlayStation “Gran Turismo”.

O game campeão de vendas adquiriu há tempos o status de cult em todo o mundo. A Audi vem trabalhando em conjunto com a Sony e a Polyphony Digital – os criadores do “Gran Turismo” – há quase 20 anos. Os designers da marca criaram a versão para o concurso Vision Gran Turismo, que foi lançado no mercado para comemorar o 15º aniversário do jogo. Diversos fabricantes de automóveis desenvolveram carros de corrida virtuais para o concurso.

Muitos desses carros-conceito foram posteriormente construídos como modelos completos e apresentados em feiras. O Audi e-tron Vision Gran Turismo, no entanto, é o primeiro carro-conceito dessa gama a ser utilizado em pistas de corridas do mundo real como um veículo totalmente funcional.

“É disso que nos orgulhamos particularmente”, diz o chefe de design da Audi, Marc Lichte. “Embora o design de um veículo virtual permita uma liberdade muito maior e a criação de conceitos que são difíceis de implantar na realidade, não queremos colocar um protótipo puramente fictício sobre rodas. Nosso objetivo era desenvolver um carro totalmente funcional. O Audi e-tron Vision Gran Turismo mostra que a mobilidade elétrica na Audi é algo muito emocional. Este carro incorpora numerosos elementos da nossa nova linguagem de design, como a grade Singleframe invertida na cor do veículo, que será típica dos nossos novos modelos e-tron.”

Prefeito esteve ausente do Rio durante o Carnaval (Foto: Reprodução/Facebook)

Nacional

O Ministério Público do Rio instaurou inquérito civil nesta segunda-feira, 19, para apurar improbidade administrativa do prefeito Marcelo Crivella (PRB) e do presidente da Riotur, Marcelo Alves, por conta de problemas ocorridos na cidade durante a passagem de blocos de carnaval. Crivella, por ter viajado à Europa durante a festa, e Alves, por suposta omissão e mau planejamento das ações da Riotur. O órgão rebateu. Informou que "90% dos desfiles de blocos de rua transcorreram dentro da normalidade, com todos os serviços públicos funcionando."

A iniciativa foi da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital, que vai investigar possíveis falhas na planificação do carnaval de rua, "com impacto na segurança pública, prejuízo à atividade econômica da cidade e depreciação do carnaval do Rio, um patrimônio público imaterial local." 

Falhas essas que, para o MP, "violam direitos e garantias fundamentais da população e de turistas, expostos à desordem e ao caos urbano, em razão de planejamento e execução ineficientes, gerando danos morais de ordem coletiva."

O MP lembra que o prefeito viajou no sábado de carnaval, e que embora ele tenha declarado ser esta uma viagem oficial, não constam no site da Prefeitura informações sobre seus deslocamentos, tampouco especificação da agenda que seguiu. Cita ainda que não houve autorização prévia da Câmara Municipal para a saída dele do Rio, conforme prevê a Lei Orgânica do Município do Rio (LOM). 

O texto da portaria do MP parte da premissa que o prefeito pessoalmente não gosta de carnaval, e que isso o motivou a viajar. "Assim, ao que tudo indica, não se trata de viagem para fins funcionais, tendo por finalidade o simples afastamento da autoridade máxima do executivo municipal da cidade durante o período do carnaval. Ao repelir o carnaval carioca ou menosprezar a sua importância factual e histórica, a máxima autoridade municipal termina por trazer a depreciação de tal bem imaterial", diz.

O prefeito não se pronunciou sobre o assunto, passando a incumbência à Riotur. Já o órgão divulgou a seguinte nota, na íntegra:

"O carnaval Rio 2018, como veremos pelos números que serão divulgados amanhã (terça-feira), foi um grande sucesso. Tivemos um resultado fantástico na rede hoteleira da cidade, com um número superior a todos os outros anos, e um público de mais de 6,5 milhões, como esperávamos e planejamos.

No caso do carnaval de rua, que reuniu ao todo mais de 600 desfiles, tivemos alguns casos isolados, mas que fica notório que não dependeu do nosso planejamento, já que referem-se a questões de policiamento - inclusive reconhecidas pelo governador e sanadas imediatamente, também com o apoio da Guarda Municipal. Tanto foram sanadas que nesse último fim de semana dos cortejos, onde tivemos dois grandes blocos, o das Poderosas com Anitta e o Monobloco, milhões de foliões estiveram nas ruas e não tivemos registros negativos.

Tudo transcorreu sem qualquer problema. No geral, podemos afirmar que 90% dos desfiles de blocos de rua transcorreram dentro da normalidade, com todos os serviços públicos funcionando. Foram disponibilizados mais de 32 mil banheiros químicos e todos os serviços e estrutura necessários para atender da melhor maneira possível. Vale lembrar que todos os canteiros foram cercados e reparados quase que diariamente. Nos outros 10%, uma minoria de fato, realmente tivemos episódios isolados causados pela falta de policiamento e lamentamos muito a presença de pessoas que, ao invés de irem às ruas para viver o verdadeiro espírito do carnaval, vão para destruir o patrimônio público em atos de vandalismo, causando prejuízos à sociedade.

No mais, no primeiro dia após essa festa grandiosa que fizemos, afirmo que encerramos o maior carnaval da história com chave de ouro. E aproveito a oportunidade para dizer que, sempre que preciso for, prestarei esclarecimentos - ao povo, à imprensa e aos órgãos fiscalizadores."

"Tudo precisa de um equilíbrio", afirmou cantora (Foto: Reprodução/Facebook)

Fora dos Trilhos

Anitta passou quatro dias no Havaí com o marido no começo de março. Caso você esteja se perguntando por que não viu nenhuma foto dela no destino paradisíaco, saiba que ela não fez nenhuma postagem e explicou o motivo nesta segunda-feira, 5.

Ela disse que deixou o celular no cofre do hotel durante os quatro dias em que esteve viajando. "Não me entendam mal, a internet faz meu sonho possível, amo, sou grata, reconheço. Converso com vocês que me ajudam tanto. Mas tudo na vida precisa de equilíbrio", disse, em seu Instagram.

Ela exaltou as vantagens que a internet possibilitou, como se conectar com pessoas distantes e dar visibilidade para seu trabalho. Contudo, disse que o seu uso de forma equivocada pode trazer malefícios.

"Isso foi feito pra nos divertir, e não para nos tornar pessoas ansiosas, depressivas e dependentes. Foi feito para nos unir, e não pra fazer as pessoas brigarem e jogarem ódio umas nas outras", refletiu.

Vestidos pretos se adequam aos climas (Foto: MyBasic/Divulgação)

Fora dos Trilhos

O vestido básico é, sem dúvidas, uma opção versátil e prática para se usar nas viagens ao campo. O modelo oferece conforto, beleza e frescor para o clima em meio à natureza. 

Afinal, passar um fim de semana longe da correria das cidades é sempre bem-vindo, mas antes de escolher quais peças tirar do closet, um lembrete: o tempo no campo é imprevisível. 

Nos locais com mata fechada, a temperatura costuma ser mais gelada à noite e mais fresca durante o dia. Se o local for próximo à mata, considere levar roupas com mangas compridas, por causa dos insetos. Ao fazer a sua mala, não se esqueça de levar repelentes e protetores solares, mesmo para os dias nublados. 

Para fazer trilhas, invista em um par de botas com solado antiderrapante que proteja seu pé, leve um chapéu e mochila. Se o objetivo é relaxar e curtir o clima da natureza, confira sugestões de looks com peças versáteis para compor seu estilo na viagem. O conjunto calça, blusa básica, casaco e tênis compõem um look interessante e muito confortável para os passeios ao ar livre. 

Vestido preto se adequa aos climas

O vestido básico Reggio é versátil. Seu comprimento longo protege contra as temperaturas do clima do campo e fica bom em todos os corpos. O modelo Lituânia possui tecido premium, com qualidade superior. Seu design com manga ¾ e caimento que se ajusta no quadril, criando o efeito blusê, fazem desse modelo uma opção leve e sofisticada.

Estudantes podem fazer cursos de curte duração no exterior mais barato (Foto: Divulgação/CIEE)

Cidade

A maior feira de intercâmbio da América Latina, o Salão do Estudante de São Paulo, acontece nos dias 3 e 4 de março, no Centro de Eventos do Colégio São Luís, no bairro Cerqueira César. Este ano, mais de 200 instituições de ensino vão representar mais de 20 opções de países. A expectativa é que 15 mil alunos participem.

Um dos focos da feira serão as instituições portuguesas e os cursos de idiomas de curta duração em outros países. “Demos um bom espaço para as universidades portuguesas devido ao grande aumento do número de brasileiros que buscaram por cursos em Portugal nos últimos três anos. O custo é mais barato do que faculdades particulares no Brasil e a qualidade de ensino, segurança e estilo de vida é atraente, além da aceitação do Enem pelas universidades portuguesas”, explicou Leandro Reis, gerente de marketing do evento.

No caso do Enem, os alunos são selecionados de acordo com o desempenho no exame, e o peso de cada disciplina varia de acordo com a instituição e o curso escolhido. Entre algumas das universidades portuguesas que participam do evento estão a Universidade do Porto, Universidade de Lisboa, Universidade de Coimbra, Universidade Católica Portuguesa e a Universidade do Algarve.

Também estarão disponíveis oportunidades para cursar o ensino médio no exterior, especialização, pós-graduação, MBA, mestrado e doutorado. Instituições na África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Irlanda, Nova Zelândia, Reino Unido, Rússia e Suíça confirmaram presença e oferecerão promoções exclusivas aos visitantes.

Pela primeira vez, o evento também receberá a Associação Americana de Programas Intensivos de Inglês (English USA), exposta em um pavilhão especial no evento. A entrada no evento é gratuita, mas o estudante deve fazer uma inscrição prévia pelo site www.salaodoestudante.com.br. (da redação)

Expositores tiram dúvidas sobre desafios

Especialistas, representantes e alunos das universidades estarão disponíveis para tirar dúvidas sobre estudar no exterior. A feira traz ainda seminários sobre os sistemas educacionais dos países. Nos estandes, o visitante conhece detalhes sobre os custos, requisitos de admissão, vistos, acomodação e até passagens aéreas.

Os visitantes conseguem descontos especiais e podem se matricular para os cursos na hora. Além disso, e pensando nos brasileiros que estão cada vez mais interessados nos intercâmbios voltados para negócios, o Salão do Estudante traz várias oportunidades para jovens profissionais que desejam progredir em suas carreiras e ter um desenvolvimento intercultural.

VEJA NOSSA EDIÇÃO VIRTUAL

or
or