12.4 C
São Paulo
sábado, agosto 13, 2022

Time da Premier League entra no mundo do Metaverso e NFTs

Uma das equipes mais tradicionais da Premier League, o Crystal Palace é mais um time de futebol a anunciar projetos de tokens não fungíveis (NFTs) e Metaverso.

O time de Londres declarou no dia 1 de julho que em 27 de junho, teria entrado com um pedido de registro no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO).

No tal pedido para registrar sua marca, estavam inclusos junto ao clube NFTs, Criptomoedas, Colecionáveis Digitais, Calçados virtuais, Roupas, Equipamentos Esportivos e Marketplace NFT.

Apesar do anúncio do registro do nome em todas as patentes citadas, o Crystal Palace não informou nem a mídia nem seus torcedores quais seriam exatamente os planos para os mesmos e nem quando serão lançados, se é que vão ser lançados.

O Palace de forma indireta já a algum tempo está ligado ao mundo dos cripto ativos, isso porque, a sua patrocinadora master, que estampa o centro do uniforme, a W88, é um site de apostas que aceita como forma de pagamento Criptomoedas.

O time inglês não é o primeiro a fazer movimentos que pressupõem a entrada no Metaverso e nas NFTs. Gigantes do futebol como Barcelona e Paris Saint Germain são apenas alguns a declarar abertamente o interesse em criar os próprios ativos digitais.

O Metaverso no futebol

Não é de agora a entrada de clubes de futebol no Metaverso e muito menos na web3. A introdução das empresas já se tornou algo comum no meio do esporte. Prova disso, por exemplo, é a recém criação do estádio do Porto, de Portugal, totalmente em um ambiente no Metaverso.

A atitude tomada pelo clube português é algo que em breve deve tomar todo o meio esportivo, criando o contato de proximidade entre torcida e time, que tanto desejam os cartolas de ambas as partes.

Algo parecido já acontece a algum tempo com a criação dos Fan Tokens, que chegaram para substituir o sistema de sócio torcedor.

Assim como seu antecessor, os Fan Tokens tem a funcionalidade de ceder vantagens ao usuário, no entanto, com o ativo digital você também tem uma forma de renda, além de benefícios exclusivos que nem o sócio possui.

Com ambas as paixões já conectadas e prontas para a criação de uma parceria por um longo período, a criação de um Metasoccer, um ambiente no Metaverso focado em futebol, já não parece ser apenas uma teoria ou especulação.

Com universos dentro da web3 já consolidados, como a rede Solana ou Sorare, que se apoia no futebol, em games e NFTs para conduzir todo um sucesso e atrair públicos do mais diversos nichos.

Já tendo parcerias com grandes ligas, como a brasileira, a espanhola, a americana e a francesa, conforme a expansão for acontecendo, mas comum será de ver times criando seu próprio ambiente no Metaverso ou lançando de forma independente suas NFTs, já que hoje, a maioria dos ativos digitais de times de futebol é gerida por alguma exchange por trás.

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS