16
Sex, Nov

Novelas

Segunda, 22/10

Beto não acredita que Luzia possa ter visto Remy. Meire descobre o paradeiro de Luzia. Cacau agradece Roberval pela reforma de seu restaurante. Agenor inventa que está doente para Nice se afastar de Vicente. Bandidos invadem a casa de Severo. Meire revela a Laureta o esconderijo de Luzia. Beto questiona Karola sobre Remy. Luzia é presa. Remy surge na casa de Laureta.

 Terça, 23/10

Laureta repreende Remy por ter saído de seu esconderijo. Valentim avisa a Beto da prisão de Luzia. Karola fica chocada com a possibilidade de Remy estar vivo. Laureta conta para Remy como forjou sua morte. Beto vai à delegacia falar com Luzia. Valentim defende a mãe biológica. Severo tenta atacar os ladrões, mas acaba rendido. Sombra cerca Remy e o rouba. Remy ameaça Laureta.

 Quarta, 24/10

Laureta enfrenta Remy. Karola devolve a Valentim todo o seu dinheiro. Laureta revela a Remy que é sua irmã. Katiandrea vê Remy saindo da casa de Laureta. Severo incentiva os bandidos a se embriagarem. A família Athayde faz declarações entre si e todos se comovem. Rosa aceita a proposta de Beto. Ionan convida Maura para morar com ele. Rosa volta para a casa de Laureta.

 Quinta, 25/10

Laureta aceita Rosa de volta em sua casa. Nice pede o divórcio a Agenor. Selma afirma que deseja reatar o namoro com Maura. Os bandidos flagram Roberval tentando pegar o celular de Zefa. Roberval e Severo se reconciliam. Remy procura Karola. Du Love ouve a gravação da morte de Galdino. Remy chama Karola para fugir com ele. Du Love chantageia Laureta.

 Sexta, 26/10

Laureta cede à chantagem de Du Love. Rosa confirma a Beto que Remy está vivo. Ícaro pede Rosa em namoro. Manu chega à casa de Severo e é rendida por um bandido, depois de chamar a polícia. Laureta descobre que Remy e Karola estão juntos. Beto reclama por Valentim defender Karola. Laureta faz um acordo com Remy e Karola. Laureta leva Remy para a casa de sua mãe.

 Sábado, 27/10

Du Love conta para Rosa sua chantagem contra Laureta. Dulce tem um surto ao saber que Remy é filho de Naná. Roberval é levado pelos ladrões como refém e o carro sofre um acidente. Du Love exige dinheiro de Laureta e marca um local para a entrega. Du Love avisa Rosa de seu encontro com Laureta e ela conta para Beto, que aciona Ionan. Laureta atira em Du Love. Ionan prende Laureta.

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Segunda-feira 28/05

Luzia observa Ícaro e Manuela juntos. Ícaro afirma a Manuela que irá morar com ela. Rosa e Ícaro se amam, e a moça teme a reação de Laureta caso descubra o envolvimento dos dois. Luzia e Cacau se unem e pedem perdão uma a outra. Selma se declara para Maura, quando Lourival chega. Karola humilha Beto. Beto vê Luzia na rua.

 

Terça-feira 29/05

Roberval se declara para Cacau e afirma que nunca a esqueceu. Karola pede ajuda a Laureta. Beto volta a compor e Dodô se preocupa quando o filho menciona seu amor por Luzia. Selma diz a Maura que deseja se separar de seu marido. Cacau revela a Zefa que Roberval está de volta ao Brasil. Beto anuncia que não voltará para a casa de Karola. Beto revela a Valentim que é Beto Falcão.

 

Quarta-feira 30/05

Valentim se revolta contra Beto e a família por terem mentido para ele. Roberval rejeita Zefa e Cacau desconfia das intenções dele. Valentim decide sair de casa. Dodô afirma a Clóvis que o filho não tem talento para a música, e Naná repreende o marido. Maura fala com Rosa sobre seus sentimentos em relação à Selma. Luzia decide marcar um encontro com Ícaro.

 

Quinta-feira 31/05

Luzia explica a Ícaro que deseja apenas conversar com o rapaz. Valentim reafirma a Beto que se afastará caso o pai não desfaça a mentira sobre sua morte. Doralice descobre que Beto Falcão está vivo e se revolta contra Ionan e a família. Embriagado, Clóvis grava uma versão da nova música de Beto para Remy. Karola acredita que Beto esteja apaixonado.

 

Sexta-feira 01/06

Beto hesita em subir ao palco e Valentim maldiz Beto Falcão diante da plateia. Karola tenta confortar Valentim, que sofre por não ter conseguido desfazer a farsa sobre a morte de seu pai. Maura inicia seu trabalho na delegacia, e Viana insinua que Ionan acabará envolvido com a policial. Instigado por Rochelle, Narciso agride Acácio e Valentim no show de Luzia.

 

Sábado 02/06

Rochelle furta joias de Karen e esconde um anel nos pertences de Dinah, uma nova funcionária da casa. Katiandrea registra Edgar subornando Zeca. Karen acusa Dinah de roubo, mas Manuela revela a farsa de Rochelle. Severo exige que Rochelle peça perdão a Dinah. Beto parte para Boiporã. Laureta descobre que seu cliente misterioso é Roberval.

 

Segunda-feira, 21

Karola provoca Luzia, que acaba detida pela polícia com Groa. Cacau explica a situação de Luzia para Ícaro e Manuela e pede que as crianças decidam se querem ficar com ela ou com Karen e Edgar. Karola fica com Remy na frente de Beto, que está paralisado. Antes de morrer, Claudine revela que Roberval é filho de Severo. Jurema convoca Luzia para um esquema de fuga do presídio

 

Terça-feira, 22

Beto pergunta por Luzia. Roberval confronta Severo sobre sua paternidade e Zefa se desespera. Roberval revela a Karen que Edgar tem um envolvimento com Cacau. Karen se revolta contra Edgar e Cacau é demitida da mansão. Na prisão, uma detenta ameaça a vida de Luzia, que é salva por Jurema. Beto identifica Luzia entre as detentas fugitivas.

 

Quarta-feira, 23

Beto chama por Luzia, mas Jurema a apressa na fuga. Groa sugere que Luzia fuja com ele para a Islândia. Roberval foge com as joias de Alda e Laureta se enfurece. Beto se casa com Karola. Luzia foge com Groa. Passam­se 18 anos. Rochelle chantageia Manuela. Caracterizada como Ariella, Luzia afirma a Groa que voltará para o Brasil.

 

Quinta-feira, 24

Luzia explica a Groa como fará para vir ao Brasil e afirma que seus filhos precisam dela. Ícaro discute com Cacau e garante à tia que viverá junto de Manuela. Luzia/Ariella e Groa chegam ao Brasil. Agenor maltrata Nice e Rosa defende a mãe. Rosa conhece Laureta. Ícaro furta o dinheiro de Cacau. Luzia/Ariella dedica seu show em Salvador a Manuela.

 

Sexta-feira, 25

Cacau confronta Ícaro e exige que ele devolva o dinheiro roubado. Manuela expulsa Cacau do show e acusa a tia e Luzia pelo estado do irmão. Valentim conversa com Dodô sobre Beto. Ionan revela que Remy está sendo perseguido por um agiota e Dodô exige que a família não ajude o filho banido. Beto/Miguel apoia Valentim diante de Karola.

 

Sábado, 26

Remy tenta seduzir Karola. Ícaro se interessa por Rosa. Luzia/Ariella presenteia Manuela, que fica encantada. Ícaro e Rosa se beijam e prometem manter seu envolvimento em segredo. Laureta decide investigar a vida de Ícaro. Luzia/Ariella incentiva Manuela a não desistir de seu novo trabalho. Beto impede que Karola e Clóvis gravem uma música fingindo sua autoria.

 

Segunda-feira 14/05

Dodô revela a Beto que Remy acabou com o patrimônio da família e o cantor decide fazer um show em Aracaju. Ele não consegue embarcar no avião, que cai em um acidente. Remy e Karola convencem Beto a fingir sua morte para recuperar o patrimônio da família. Luzia e Beto se amam e ele decide acabar com a farsa. Ela está grávida, mas encontra Karola procurando o noivo, para contar que está esperando um filho dele.

 

Terça-feira 15/05

Beto se irrita ao ver Karola, mas desiste de mandar a ex­namorada embora ao saber de sua suposta gravidez. Luzia se consola com Groa. Luzia não deixa Beto se explicar e os dois acabam se separando. Ela pede ajuda a Januária para interromper sua gravidez. Laureta descobre que Beto está vivo e chantageia Karola. Groa convence Luzia a conversar com Beto. Ele encontra Edilei na casa de Luzia.

 

Quarta-feira 16/05

Luzia inventa uma desculpa para justificar a Edilei a presença de Beto. Ela leva o ex­marido ao médico e descobre que ele tem uma doença grave. Beto encontra Clóvis ao chegar ao estúdio e descobre que Remy o enganou. Luzia se sente mal na frente de Karola, que desconfia da gravidez da rival. Karola parabeniza Edilei pela gravidez de Luzia. Beto questiona Luzia sobre a paternidade do filho.

 

Quinta-feira 17/05

Luzia afirma a Beto que o bebê não é seu filho. Groa convence Luzia a contar a verdade para Edilei e Beto. Laureta sugere que Karola acabe com a vida de Beto. Roberval descobre o caso de Edgar e Cacau. Ionan descobre que o irmão está vivo e obriga Clóvis a contar a verdade à família. Beto e Luzia se encontram. Edilei vê o casal e acerta a cabeça de Beto, que desmaia. Luzia empurra o ex­marido, que se desequilibra.

 

Sexta-feira 18/05

Edilei morre e Karola convence Luzia a fugir. A família de Beto descobre que ele está em coma e Karola convence todos a manter o segredo do cantor. Karola diz a Luzia que Beto morreu. Laureta denuncia Luzia à polícia e a obriga a fugir com Karola. Karola visita Beto com uma falsa barriga de gravidez e intriga Remy. Luzia tenta sair do esconderijo, mas passa mal e entra em trabalho de parto.

 

Sábado 19/05

Karola mente para Luzia e diz que o bebê não sobreviveu. A vilã avisa à família de Beto que seu filho nasceu. Laureta vai à delegacia e denuncia o esconderijo de Luzia. Groa descobre que a polícia irá capturar Luzia e vai ao encontro da amiga. Groa chega com Luzia a seu bar e pede que a amiga permaneça escondida. Karola se assusta ao encontrar Luzia em casa com o bebê nos braços.

Apesar do crime, ainda não se sabe quem vai matar o malandro (João Cotta-TV Globo)

Fora dos Trilhos

O irmão de Beto (Emilio Dantas) em Segundo Sol, Remy (Vladimir Brichta), será assassinado em um quarto de hotel, depois de marcar um encontro com Luzia (Giovanna Antonelli). O amante de Karola (Deborah Secco) será surpreendido em um quarto de hotel, segundo a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

O malandro vai dopar a mocinha, que ficará desacordada e não verá o crime. Pela segunda vez na história, ela será acusada de um assassinato que não cometeu, já que, quando acorda, vê o corpo do homem estendido ao seu lado. Vale lembrar que na primeira fase da trama, ela empurrou seu ex-marido Edilei (Paulo Borges) e o viu cair de um penhasco.

Os principais suspeitos serão Karola, que é chantageada pelo amante por conta dos golpes que eles aplicaram em Beto, e Ionan (Armando Babaioff), que foi pego traindo a mulher e também está nas mãos do rapaz.

No caso da personagem de Deborah Secco, o embate principal foi ao ar no sábado, 26, quando o malandro informou a ela que estava sendo perseguido por um agiota. Ele ameaçou contar a Beto que os dois tiveram um affair e ficou ainda mais interessado quando viu a luxuosa cobertura em que o casal vive.

Adriana Esteves é uma das apostas de João Emanuel Carneiro para a novela Segundo Sol (Foto: Paulo Belote/TV Globo)

Fora dos Trilhos

Hoje eu inicio a minha coluna comentando a nova novela das 21h da Globo, Segundo Sol, de João Emanuel Carneiro, que estreou anteontem. A trama é alvo de críticas por ter poucos negros no elenco, muito embora a emissora pretenda rever este quadro.

Os protagonistas são Giovanna Antonelli e Emilio Dantas. Eles interpretam o casal principal da história. A novela substitui O Outro Lado do Paraíso, que terminou na última sexta-feira. A história se passa na Bahia, Estado com o maior percentual de população negra do País. O elenco da novela, porém, é predominantemente branco.

Na última sexta-feira, o Ministério Público do Trabalho (MPT), por meio da Coordenadoria Nacional de Promoções de Igualdade e Oportunidade e Eliminação da Discriminação no Trabalho, enviou à Rede Globo uma notificação recomendando a devida representação racial na novela.

A direção da Globo tem conhecimento de que descumprir a solicitação do MPT pode resultar em uma ação judicial. Porém, sobre as críticas, a comunicação da emissora afirma que respeita a diversidade e repudia qualquer tipo de preconceito e discriminação, inclusive de ordem racial.

Segundo Sol significa segunda chance. Esse é o ideal do autor João Emanuel Carneiro. A trama começa em 1990, em Salvador, que vai contar com Arlete Salles, Emílio Dantas e José de Abreu, entre os destaques do elenco. O folhetim ainda marca a volta da atriz Adriana Esteves para as produções de Carneiro.

A atriz, que interpretou a inesquecível Carminha em Avenida Brasil, fará novamente uma vilã. Segundo o escritor, uma atriz como Adriana Esteves traz elementos que te alimentam no processo da novela. Ela é, sem dúvida nenhuma, um grande talento. 

Como já é de praxe em seus romances, o escritor promete uma reviravolta no meio da trama, fazendo diversas mudanças na interpretação dos personagens para dar mais impacto na história e mais emoção para os telespectadores.

A novela Segundo Sol foi estudada minuciosamente, não só para impactar mais, mas para manter a audiência do horário, que vem crescendo a cada trama. A direção da Globo se reúne com seus autores uma vez por ano para manter esse padrão.

Frase Final: “Assim que você confiar em si mesmo, você saberá como viver”. (Johan Goethe)

Emilio Dantas e Giovanna Antonelli são os protagonistas da nova novela da Globo (Foto: João Cotta/TV Globo)

Fora dos Trilhos

A Globo se posicionou a respeito das críticas que vem recebendo sobre uma suposta falta de diversidade no elenco de sua próxima novela das nove, Segundo Sol.

"De fato, ainda temos uma representatividade menor do que gostaríamos e vamos trabalhar para evoluir com essa questão", afirmou a emissora, em nota.

No esclarecimento, a Globo ainda ressalta que "pelo fato de se passar na Bahia", a trama traz oportunidades para abordar as questões da diversidade, que "serão abordadas ao longo da novela, que está estruturada em duas fases".

O posicionamento da emissora surgiu após o colunista Leo Dias ter publicado uma nota afirmando que o elenco da futura novela teria reclamado da falta de atores negros entre os escalados para os personagens - fato negado pela emissora.

Alguns telespectadores também usaram as redes sociais para reclamar sobre a questão da representatividade.

Não é a primeira vez que as novelas da emissora sofrem críticas deste tipo. Em 2016, Sol Nascente recebeu críticas por trazer poucos atores de origem nipônica à trama, que era focada na cultura japonesa. 

Confira a íntegra da nota enviada pela Comunicação da Globo:

"Uma história como a de Segundo Sol, também pelo fato de se passar na Bahia, nos traz muitas oportunidades e, sem dúvida, reflexões sobre diversidade na sociedade, que serão abordadas ao longo da novela, que está estruturada em duas fases. As manifestações críticas que vimos até agora estão baseadas sobretudo na divulgação da primeira fase da novela, que se concentra na trama que vai desencadear as demais. Estamos atentos, ouvindo e acompanhando esses comentários, seguros de que ainda temos muita história pela frente. De fato, ainda temos uma representatividade menor do que gostaríamos e vamos trabalhar para evoluir com essa questão."

VEJA NOSSA EDIÇÃO VIRTUAL

"Será que devemos destinar aos mais pobres profissionais, entre aspas, sem qualquer garantia de que eles sejam realmente razoáveis, no mínimo?", questionou Bolsonaro (Foto: Valter Campanato/Ag. Brasil)

Nacional

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), encerrou intempestivamente uma entrevista coletiva no 1º Distrito Naval, no Rio. O militar da reserva estava sendo perguntado sobre a continuidade dos atendimentos de saúde no Programa Mais Médicos, já que cerca de 8,3 mil profissionais podem deixar o País com decisão de Cuba de interromper a parceria. Bolsonaro respondeu apenas uma pergunta após ser questionado sobre o Mais Médicos - não comentou, por exemplo, a indicação do economista Roberto Campos Neto para a presidência do Banco Central (BC). O presidente eleito voltou a criticar os termos do acordo com Cuba no Mais Médicos, que prevê o repasse direto ao governo caribenho de 70% dos salários dos profissionais de saúde. Repetiu que a situação dos profissionais de saúde cubanos é "praticamente de escravidão" e questionou a qualidade dos serviços prestados. "Nunca vi uma autoridade no Brasil dizer que foi atendido por um médico cubano. Será que devemos destinar aos mais pobres profissionais, entre aspas, sem qualquer garantia de que eles sejam realmente razoáveis, no mínimo? Isso é injusto, é desumano", disse Bolsonaro. O presidente eleito defendeu o exame presencial de validação do diploma dos médicos incluídos no programa. "O que temos ouvido, em muitos relatos, são verdadeiras barbaridades. Não queremos isso para ninguém no Brasil, muito menos para os mais pobres. Queremos o salário integral (dos médicos cubanos) e o direito (deles) de trazer a família para cá. Isso é pedir muito? Isso está em nossas leis, que estão sendo desrespeitadas", resumiu Bolsonaro antes de encerrar a entrevista, que durou menos de cinco minutos. O futuro presidente do Brasil também prometeu asilo político para todos os médicos cubanos que pedirem. "Há quatro anos e pouco, quando foi discutida a Medida Provisória (que criou o Mais Médicos), o governo da senhora Dilma (Rousseff) disse, em alto e bom som, que qualquer cubano que, por ventura, pedisse asilo, seria deportado. Se eu for presidente, o cubano que pedir asilo aqui, (que) se justifica pela ditadura da ilha, terá o asilo concedido da minha parte", afirmou.

Presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou a decisão pelo Twitter (Foto: Divulgação)

Mundo

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou há pouco a indicação do embaixador Ernesto Fraga Araújo para o cargo de ministro das Relações Exteriores de seu governo. Diplomata há 29 anos, Araújo é diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty. Bolsonaro anunciou a indicação por meio de sua conta no Twitter. “A política externa brasileira deve ser parte do momento de regeneração que o Brasil vive hoje”, escreveu o presidente eleito, classificando o diplomata como um “um brilhante intelectual.” Com o novo anúncio, sobe para oito os nomes confirmados para a equipe ministerial do governo eleito. Alguns escolhidos atuam diretamente no governo de transição. Nas declarações públicas, Bolsonaro avisou que pretende reduzir de 29 para de 15 a 17 o número de ministérios, extinguindo pastas e fundindo outras. A política externa brasileira deve ser parte do momento de regeneração que o Brasil vive hoje. Informo a todos a indicação do Embaixador Ernesto Araújo, diplomata há 29 anos e um brilhante intelectual, ao cargo de Ministro das Relações Exteriores. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018

"Atualmente, Cuba fica com a maior parte do salário dos médicos cubanos e restringe a liberdade desses profissionais e de seus familiares", disse o presidente eleito (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Saúde

O governo cubano informou nesta quarta-feira, 14, que está se retirando do programa social Mais Médicos do Brasil após declarações "ameaçadores e depreciativas" do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que anunciou mudanças "inaceitáveis" no projeto do governo. O convênio com o governo cubano é feito entre Brasil e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). "Diante desta realidade lamentável, o Ministério da Saúde Pública (Minasp) de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do programa Mais Médicos e assim comunicou a diretora da Organização Panamericana da Saúde (OPS) e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam esta iniciativa", anunciou a entidade em um comunicado. Cuba tomou a decisão de solicitar o retorno dos mais de 11 mil médicos cubanos que trabalham hoje no Brasil depois que Bolsonaro questionou a preparação dos especialistas e condicionou a permanência no programa "à revalidação do diploma", além de ter imposto "como via única a contratação individual". O programa Mais Médicos tem 18.240 vagas em 4.058 municípios, cobrindo 73% das cidades brasileiras. Quando são abertos chamamentos de médicos para o programa, a seleção segue uma ordem de preferência: médicos com registro no Brasil (formados em território nacional ou no exterior, com revalidação do diploma no País); médicos brasileiros formados no exterior; e médicos estrangeiros formados fora do Brasil. Após as primeiras chamadas, caso sobrem vagas, os médicos cubanos são convocados. "Não é aceitável que se questione a dignidade, o profissionalismo e o altruísmo dos colaboradores cubanos que, com o apoio de suas famílias, presta serviços atualmente em 67 países", declarou o governo. "As mudanças anunciadas impõem condições inaceitáveis e violam as garantias acordadas desde o início do programa, que foram ratificados em 2016 com a renegociação da cooperação entre a Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde do Brasil e de Cooperação entre a Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde Pública de Cuba. Essas condições inadmissíveis impossibilitam a manutenção da presença de profissionais cubanos no Programa", informou em nota o Ministério da Saúde. De acordo com o governo cubano, em cinco anos de trabalho no programa brasileiro, cerca de 20 mil médicos atenderam a 113.539 milhões de pacientes em mais de 3,6 mil municípios. "Mais de 700 municípios tiveram um médico pela primeira vez na história", disse o governo. Segundo o governo de Cuba, mais de 20 mil médicos cubanos passaram pelo Brasil e chegaram a compor 80% do contingente do Mais Médicos, criado no governo Dilma Rousseff. Cuba anunciou que manteria o programa depois do impeachment da ex-presidente petista, apesar de considerar o afastamento um "golpe de Estado". Bolsonaro critica Cuba O presidente eleito Jair Bolsonaro usou as redes sociais para criticar a decisão do governo cubano.  Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018 Além de explorar seus cidadãos ao não pagar integralmente os salários dos profissionais, a ditadura cubana demonstra grande irresponsabilidade ao desconsiderar os impactos negativos na vida e na saúde dos brasileiros e na integridade dos cubanos. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018 Atualmente, Cuba fica com a maior parte do salário dos médicos cubanos e restringe a liberdade desses profissionais e de seus familiares. Eles estão se retirando do Mais Médicos por não aceitarem rever esta situação absurda que viola direitos humanos. Lamentável! — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018

e temos na Bolívia um presidente índio, por que aqui o índio tem que ficar confinado numa reserva?", questionou Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Nacional

O presidente eleito da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quarta-feira, 14, que quer preservar o meio ambiente, mas "não dessa forma que está aí". Ele culpou políticas ambientais e indigenistas pelo atraso de algumas regiões do País e disse que "o índio quer ser o que nós somos". Bolsonaro citou como exemplo a situação de Roraima, que disse ter potencial para ser "o Estado mais rico do Brasil". "Se não tivesse problemas ambientais e indigenistas, tinha tudo para ser Estado mais rico do Brasil. Esse é um problema que temos que resolver. O índio quer ser o que nós somos, o índio quer o que nós queremos. Se temos na Bolívia um presidente índio, por que aqui o índio tem que ficar confinado numa reserva?", declarou Bolsonaro . Durante reunião com governadores, em Brasília, Bolsonaro contou que está na iminência de anunciar o nome do seu ministro do Meio Ambiente e afirmou que "não será o que dizem". Lembrou, ainda, que desistiu de fundir a pasta com a Agricultura por orientações do setor produtivo.
or
or

Sucesso do agronegócio é fundamental para a economia brasileira e a geração de empregos (Foto: Antonio Costa/Fotos Públicas)

Opinião

Doria é um dos governadores eleitos que já declararam apoio a Bolsonaro (Foto: Reprodução/Twitter)

Opinião

Tentaram boicotar até um programa que visa a ajudar crianças com deficiência física, o Teleton, apenas por que Sílvio Santos agradeceu e enalteceu o presidente eleito (Foto: Reprodução/SBT)

Opinião

O uso de bicicletas reduz problemas na Mobilidade e na Saúde, como a diminuição da poluição (Foto: Rovena Rosa/Ag Brasil/Fotos Públicas)

Opinião

Sao Paulo Brazil Principalmente nuvem (dia), 19 °C
Condições atuais
Nascer do sol: 6:13 am   |   Pôr do sol: 7:29 pm
80%     35.4 km/h     31.016 atm
Previsão
SEX Baixa: 16 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 14 °C Alta: 25 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 30 °C
SEG Baixa: 15 °C Alta: 21 °C
TER Baixa: 14 °C Alta: 20 °C
QUA Baixa: 16 °C Alta: 25 °C
QUI Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SEX Baixa: 17 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 18 °C Alta: 21 °C
DOM Baixa: 18 °C Alta: 21 °C
Guarulhos Brazil Nublado, 20 °C
Condições atuais
Nascer do sol: 6:13 am   |   Pôr do sol: 7:29 pm
80%     29.0 km/h     30.882 atm
Previsão
SEX Baixa: 16 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 13 °C Alta: 26 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 30 °C
SEG Baixa: 14 °C Alta: 21 °C
TER Baixa: 13 °C Alta: 20 °C
QUA Baixa: 16 °C Alta: 25 °C
QUI Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SEX Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SáB Baixa: 18 °C Alta: 20 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 21 °C
Osasco Brazil Principalmente nuvem (dia), 19 °C
Condições atuais
Nascer do sol: 6:14 am   |   Pôr do sol: 7:30 pm
79%     35.4 km/h     31.016 atm
Previsão
SEX Baixa: 16 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 14 °C Alta: 25 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 30 °C
SEG Baixa: 15 °C Alta: 21 °C
TER Baixa: 14 °C Alta: 20 °C
QUA Baixa: 16 °C Alta: 25 °C
QUI Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SEX Baixa: 17 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 18 °C Alta: 21 °C
DOM Baixa: 18 °C Alta: 21 °C