16
Sex, Nov

Novelas

Segunda, 15/10

Simão Fariseu tenta expulsar Adela de sua casa, mas Jesus o impede. Emocionada e profundamente arrependida, Adela lava os pés de Jesus. Simão Zelote se desculpa com Adela. Judas Iscariotes ajuda Natanael a conquistar Yoná. Maria aconselha a filha. Petronius avisa a Pilatos que Ami enganou Helena e se apossou das moedas. Irritado, o governador romano ordena a crucificação de Ami.

 Terça, 16/10

Caius tenta disfarçar a preocupação ao saber que Pilatos mandou crucificar Ami. Givon discorda das palavras de Jesus e deixa de segui­lo. Em Cafarnaum, um casal conduz seu filho, que está possuído. Jesus expulsa o demônio do menino e enfrenta Efraim. Mirian conta sobre o encontro com Jairo e Adela confirma que ele o procurava com frequência. Malco encontra Ami e avisa que ele está sendo procurado.

 Quarta, 17/10

Pilatos manda chamar Caifás. Ansioso com a proximidade do casamento com Deborah. Tiago Justo fala mal de Jesus. Judite desmaia ao ver Gestas na porta de sua casa. Lázaro encontra o cavalo de Petronius. Shabaka diz que Lázaro seria um bom marido para Susana. Gestas chantageia Judite. Pilatos exige que Caifás faça com que Malco encontre Ami.

 Quinta, 18/10

Adela decide voltar para Jerusalém. Longinus se declara para Salomé e diz ser seu admirador secreto. Caifás ordena que Malco entregue Ami. Judite teme que esteja grávida sem ter se deitado com Caifás. Ela é surpreendida pela chegada de Gestas, que pede mais ouro. Petronius reencontra Maria Madalena. Simão Fariseu surpreende a todos e exige que Jesus prove ser mesmo o Messias.

 Sexta, 19/10

Jesus enfrenta Simão Fariseu e o envergonha. Herodíade acusa Hélio de importunar Salomé. Barrabás é libertado e recebe a ajuda de Shabaka. Antipas avisa que fará uma festa. O governante diz que concederá um desejo a quem lhe der o melhor presente. Adela reencontra Barrabás. Ela fica sem graça ao vê­lo com seus filhos, Gestas e Dimas. Tiago Justo diz que seu irmão não irá ao seu casamento.

 

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Segunda, 05/03

Zoe recebe os cuidados dos beduínos. Ricardo leva Isabela para a sua mansão. Henrique conversa com o contador do hospital sobre o interrogatório. Estela pede para Felipe levá­la até a seita Filhos do Amanhã. Robinson diz que quer mudar de vida. Em Jerusalém, Gideon pede para Oziel afastar Isabela de Noah. Uma multidão tenta atacar Moisés e Elias e um milagre acontece.

Terça, 06/03

Zoe fala sobre o arrebatamento com Soraya. Gideon vê as águas do rio virarem sangue. Natália descobre que Henrique é amante da Dra. Gláucia. Ricardo se surpreende ao saber que Ariela descobriu sobre o atentado aéreo. Adriano diz que encontrou fotos comprometedoras de Débora e Luca nas coisas de Ricardo. Vittoria vê Stefano dizer que as testemunhas precisam morrer.

Quarta, 07/03

Celeste diz que sairá com Dudu. Ricardo confessa que investigou Débora e Luca. Luca se desespera ao saber que Ricardo e Adriano descobriram sobre o caso que mantém com Débora. Zoe lê alguns jornais e descobre que o acidente foi uma sabotagem. Ela recorda da conversa com Ricardo e deduz que o Anticristo tentou matá­la. Em Jerusalém, Ricardo é ovacionado como o novo Messias.

Quinta 08/03

Stefano consegue convencer Vittorio. Melina apresenta a nova androide. Gideon se emociona com a liderança exercida pelo neto. César vai até o hospital e anuncia a prisão de Gláucia. Ricardo fecha aliança com um líder religioso. Joice encontra Dylan e diz ter novidade sobre o sumiço do filho. Natália interroga Glaucia e pergunta se a médica é amante de Henrique.

Sexta, 09/03

Joice e Dylan descobrem que o filho foi levado a Gideon. Stefano diz saber que Glória é mãe de Vittorio. O sacerdote pede para ficar a sós com a governanta e a ameaça. César prende Gláucia. Dylan e Joice descobrem que são pais de Noah. Uri permite que Dylan vá em busca do filho. Ricardo tenta brincar com os sentimentos de Noah. Stefano quer mandar Vittorio para fora de Roma.

 

Pastor teve grande influência sobre Bill Clinton e Geoge W. Bush (Foto: Reprodução/Facebook)

Mundo

O pastor americano Billy Graham morreu na manhã desta quarta-feira, 21, aos 99 anos, em sua casa na cidade de Montreat, nos EUA. A causa não foi revelada.

Graham foi um dos mais importantes conselheiros espirituais do século XX. Inclusive, ele foi guru de ex-presidentes americanos, como Bill Clinton e George W. Bush.

De acordo com o site oficial do pastor, ele pregou o evangelho de Jesus Cristo para cerca de 215 milhões de pessoas, em 185 país, durante quase sete décadas de atuação.

"Eu tenho uma mensagem que Jesus Cristo veio, morreu em uma cruz, ressuscitou e nos pediu para nos arrepender de nossos pecados e recebê-lo pela fé como Senhor e Salvador. E, se o fizermos, nós temos perdão de todos dos nossos pecados ", disse durante evento em 2005, em Nova York.

O atual presidente dos EUA, Dnald Trump, utilizou as redes sociais para lamentar a morte do líder religioso. “O GRANDE Billy Graham está morto. Não havia ninguém como ele. Sua ausência será sentida por cristãos e todos os religiosos. Um homem muito especial”, escreveu Trump em seu Twitter.

 

Segunda, 26/02

César tenta, incessantemente, ligar para Natália, mas ela não atende, distraída com Lúcio. Lúcio é surpreendido com o ataque de Nicanor. Natália se dá conta da verdade. César e Guido seguem para o apartamento do vilão. Natália sente o efeito do sonífero colocado em sua bebida. Noah sente ciúmes de Isabela e Ricardo. Lúcio é assassinado por Nicanor.

Terça, 27/02

Nicanor ameaça Natália com uma faca e a joga pela janela. Ele ainda atira no peito de César, mas a bala para no colete. Nicanor começa a fugir e Guido diz saber seu destino. Nicanor abandona um carro roubado e foge em direção a uma floresta. Ele vai para a mesma cabana onde assassinou o pai de César. Os policiais chegam ao local. César entra no casebre e encontra Nicanor.

Quarta, 28/02
Nicanor ameaça atirar em César e é atingido por Natália. Guido chega ao local e mata Nicanor. Zoe liga para Bárbara e diz estar grávida. Ricardo surpreende Isabela e a beija. Benjamin desconfia que Ricardo seja o Anticristo. Ricardo pergunta a Zoe se ela está com medo do Anticristo. As nuvens começam a se movimentar no céu de Jerusalém. De repente, Moisés e Elias surgem na rua.

Quinta, 1o/03

Ricardo finge estar brincando com Zoe e se reúne com o sheik Omar para pedir que ele derrube o avião em que a mocinha viajará. Moisés e Lucas são os profetas do Apocalipse e, durante sua pregação, entrarão em conflito com soldados israelenses. Um avião cai no Oriente Médio. Em Nova York, Ricardo liga a televisão e fica satisfeito ao ver a notícia do acidente aéreo.

Sexta, 02/03

Benjamin se desespera. Zé Bento segue enganando os seguidores da seita Filhos do Amanhã. Benjamin descobre que Zoe estava grávida e fica em choque. As pessoas tentam atacar Elias e Moisés e acabam sofrendo um castigo. César diz que Zoe pode ter sido atacada. As buscas às vítimas do acidente começam. Próximo ao local da queda, em uma duna de areia, Zoe, muito ferida, dá sinais de vida.

Atacante quebra jejum de 13 jogos (Foto: Reprodução/Twitter)

Futebol

O atacante Gabriel Jesus estava há 13 partidas sem marcar até esta quarta-feira, 7, quando fez o gol do Manchester City na derrota por 2 a 1 para o Basel, na Inglaterra, em jogo válido pela volta das oitavas de final da Champions League.

Apesar do revés, o time inglês avançou às quartas, já que havia derrotado o rival suíço, fora de casa, por 4 a 0. Assim, a equipe de Pep Guardiola se junta a Real Madrid, Liverpool e Juventus na próxima fase do torneio continental. Os outros quatro classificados serão definidos na próxima semana. 

Juventus

Depois de ceder o empate por 2 a 2 ao Tottenham, em Turim, a Juve foi buscar a classificação em Londres.

Nesta quarta, o time italiano saiu atrás, quando o sul-coreano Son abriu o placar para os mandantes. O resultado dava a vaga ao Tottenham. Porém, com dois gols de atletas argentinos - Dybala e Higuaín –, a Vecchia Signora manteve vivo o sonho da terceira Champions. Nas últimas três temporadas, o clube chegou a duas decisões e perdeu ambas para Barcelona e Real Madrid, respectivamente.

Brasileiro está longe dos gramados desde dezembro

Futebol

O técnico Pep Guardiola deu uma ótima notícia para a torcida do Manchester City e para a seleção brasileira. O espanhol anunciou a volta do atacante Gabriel Jesus aos treinos da equipe nesta sexta-feira, um mês e meio após a lesão sofrida no joelho esquerdo.

"Gabriel Jesus estará treinando conosco hoje. Esta é uma boa notícia", declarou o treinador em entrevista coletiva nesta sexta, momentos antes da atividade no CT do City.

O próprio treinador, no entanto, rechaçou fazer uma previsão para o retorno do atacante brasileiro aos gramados. "Eu não sei quando ele estará pronto para jogar. O primeiro passo era fazer uma ou duas semanas de treinos sozinho. Agora, será seu primeiro treinamento com a equipe."

Gabriel Jesus lesionou o ligamento colateral do joelho esquerdo durante o empate do City com o Crystal Palace por 0 a 0, em 31 de dezembro do ano passado. A princípio, chegou-se a temer que a contusão fosse grave e colocasse em risco até sua ida à Copa do Mundo, mas após a realização de exames, foi diagnosticado um problema mais leve, que sequer exigiu intervenção cirúrgica.

A tendência é que Jesus volte aos campos nas próximas semanas, mas ele ainda não terá condições de reforçar sua equipe na próxima segunda-feira, quando o City encara o Wigan, fora de casa, pela Copa da Inglaterra.

"Cuida do seu netinho aí em cima, como a senhora sempre fez!", escreveu apresentador

Fora dos Trilhos

O apresentador Rodrigo Faro, da Record TV,  publicou uma homenagem em seu Instagram a sua avó, Benedicta Lourdes Alcazar, que morreu aos 94 anos, de morte natural.

"Descansa em paz, minha vó Di querida. Obrigado por ter feito de mim o homem que sou. Vou te amar para sempre, vó. Cuida do seu netinho aí em cima, como a senhora sempre fez!", escreveu ele na legenda de várias fotos ao lado da avó.

Por conta disso, ele cancelou a gravação do Hora do Faro que seria realizada nesta quinta. De acordo com a assessoria do apresentador, o enterro de Benedicta ocorre nesta quinta às 17h no Cemitério Vila Mariana.a

VEJA NOSSA EDIÇÃO VIRTUAL

"Será que devemos destinar aos mais pobres profissionais, entre aspas, sem qualquer garantia de que eles sejam realmente razoáveis, no mínimo?", questionou Bolsonaro (Foto: Valter Campanato/Ag. Brasil)

Nacional

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), encerrou intempestivamente uma entrevista coletiva no 1º Distrito Naval, no Rio. O militar da reserva estava sendo perguntado sobre a continuidade dos atendimentos de saúde no Programa Mais Médicos, já que cerca de 8,3 mil profissionais podem deixar o País com decisão de Cuba de interromper a parceria. Bolsonaro respondeu apenas uma pergunta após ser questionado sobre o Mais Médicos - não comentou, por exemplo, a indicação do economista Roberto Campos Neto para a presidência do Banco Central (BC). O presidente eleito voltou a criticar os termos do acordo com Cuba no Mais Médicos, que prevê o repasse direto ao governo caribenho de 70% dos salários dos profissionais de saúde. Repetiu que a situação dos profissionais de saúde cubanos é "praticamente de escravidão" e questionou a qualidade dos serviços prestados. "Nunca vi uma autoridade no Brasil dizer que foi atendido por um médico cubano. Será que devemos destinar aos mais pobres profissionais, entre aspas, sem qualquer garantia de que eles sejam realmente razoáveis, no mínimo? Isso é injusto, é desumano", disse Bolsonaro. O presidente eleito defendeu o exame presencial de validação do diploma dos médicos incluídos no programa. "O que temos ouvido, em muitos relatos, são verdadeiras barbaridades. Não queremos isso para ninguém no Brasil, muito menos para os mais pobres. Queremos o salário integral (dos médicos cubanos) e o direito (deles) de trazer a família para cá. Isso é pedir muito? Isso está em nossas leis, que estão sendo desrespeitadas", resumiu Bolsonaro antes de encerrar a entrevista, que durou menos de cinco minutos. O futuro presidente do Brasil também prometeu asilo político para todos os médicos cubanos que pedirem. "Há quatro anos e pouco, quando foi discutida a Medida Provisória (que criou o Mais Médicos), o governo da senhora Dilma (Rousseff) disse, em alto e bom som, que qualquer cubano que, por ventura, pedisse asilo, seria deportado. Se eu for presidente, o cubano que pedir asilo aqui, (que) se justifica pela ditadura da ilha, terá o asilo concedido da minha parte", afirmou.

Presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou a decisão pelo Twitter (Foto: Divulgação)

Mundo

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou há pouco a indicação do embaixador Ernesto Fraga Araújo para o cargo de ministro das Relações Exteriores de seu governo. Diplomata há 29 anos, Araújo é diretor do Departamento de Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty. Bolsonaro anunciou a indicação por meio de sua conta no Twitter. “A política externa brasileira deve ser parte do momento de regeneração que o Brasil vive hoje”, escreveu o presidente eleito, classificando o diplomata como um “um brilhante intelectual.” Com o novo anúncio, sobe para oito os nomes confirmados para a equipe ministerial do governo eleito. Alguns escolhidos atuam diretamente no governo de transição. Nas declarações públicas, Bolsonaro avisou que pretende reduzir de 29 para de 15 a 17 o número de ministérios, extinguindo pastas e fundindo outras. A política externa brasileira deve ser parte do momento de regeneração que o Brasil vive hoje. Informo a todos a indicação do Embaixador Ernesto Araújo, diplomata há 29 anos e um brilhante intelectual, ao cargo de Ministro das Relações Exteriores. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018

"Atualmente, Cuba fica com a maior parte do salário dos médicos cubanos e restringe a liberdade desses profissionais e de seus familiares", disse o presidente eleito (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Saúde

O governo cubano informou nesta quarta-feira, 14, que está se retirando do programa social Mais Médicos do Brasil após declarações "ameaçadores e depreciativas" do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que anunciou mudanças "inaceitáveis" no projeto do governo. O convênio com o governo cubano é feito entre Brasil e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). "Diante desta realidade lamentável, o Ministério da Saúde Pública (Minasp) de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do programa Mais Médicos e assim comunicou a diretora da Organização Panamericana da Saúde (OPS) e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam esta iniciativa", anunciou a entidade em um comunicado. Cuba tomou a decisão de solicitar o retorno dos mais de 11 mil médicos cubanos que trabalham hoje no Brasil depois que Bolsonaro questionou a preparação dos especialistas e condicionou a permanência no programa "à revalidação do diploma", além de ter imposto "como via única a contratação individual". O programa Mais Médicos tem 18.240 vagas em 4.058 municípios, cobrindo 73% das cidades brasileiras. Quando são abertos chamamentos de médicos para o programa, a seleção segue uma ordem de preferência: médicos com registro no Brasil (formados em território nacional ou no exterior, com revalidação do diploma no País); médicos brasileiros formados no exterior; e médicos estrangeiros formados fora do Brasil. Após as primeiras chamadas, caso sobrem vagas, os médicos cubanos são convocados. "Não é aceitável que se questione a dignidade, o profissionalismo e o altruísmo dos colaboradores cubanos que, com o apoio de suas famílias, presta serviços atualmente em 67 países", declarou o governo. "As mudanças anunciadas impõem condições inaceitáveis e violam as garantias acordadas desde o início do programa, que foram ratificados em 2016 com a renegociação da cooperação entre a Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde do Brasil e de Cooperação entre a Organização Pan-Americana da Saúde e o Ministério da Saúde Pública de Cuba. Essas condições inadmissíveis impossibilitam a manutenção da presença de profissionais cubanos no Programa", informou em nota o Ministério da Saúde. De acordo com o governo cubano, em cinco anos de trabalho no programa brasileiro, cerca de 20 mil médicos atenderam a 113.539 milhões de pacientes em mais de 3,6 mil municípios. "Mais de 700 municípios tiveram um médico pela primeira vez na história", disse o governo. Segundo o governo de Cuba, mais de 20 mil médicos cubanos passaram pelo Brasil e chegaram a compor 80% do contingente do Mais Médicos, criado no governo Dilma Rousseff. Cuba anunciou que manteria o programa depois do impeachment da ex-presidente petista, apesar de considerar o afastamento um "golpe de Estado". Bolsonaro critica Cuba O presidente eleito Jair Bolsonaro usou as redes sociais para criticar a decisão do governo cubano.  Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018 Além de explorar seus cidadãos ao não pagar integralmente os salários dos profissionais, a ditadura cubana demonstra grande irresponsabilidade ao desconsiderar os impactos negativos na vida e na saúde dos brasileiros e na integridade dos cubanos. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018 Atualmente, Cuba fica com a maior parte do salário dos médicos cubanos e restringe a liberdade desses profissionais e de seus familiares. Eles estão se retirando do Mais Médicos por não aceitarem rever esta situação absurda que viola direitos humanos. Lamentável! — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 14 de novembro de 2018

e temos na Bolívia um presidente índio, por que aqui o índio tem que ficar confinado numa reserva?", questionou Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Nacional

O presidente eleito da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quarta-feira, 14, que quer preservar o meio ambiente, mas "não dessa forma que está aí". Ele culpou políticas ambientais e indigenistas pelo atraso de algumas regiões do País e disse que "o índio quer ser o que nós somos". Bolsonaro citou como exemplo a situação de Roraima, que disse ter potencial para ser "o Estado mais rico do Brasil". "Se não tivesse problemas ambientais e indigenistas, tinha tudo para ser Estado mais rico do Brasil. Esse é um problema que temos que resolver. O índio quer ser o que nós somos, o índio quer o que nós queremos. Se temos na Bolívia um presidente índio, por que aqui o índio tem que ficar confinado numa reserva?", declarou Bolsonaro . Durante reunião com governadores, em Brasília, Bolsonaro contou que está na iminência de anunciar o nome do seu ministro do Meio Ambiente e afirmou que "não será o que dizem". Lembrou, ainda, que desistiu de fundir a pasta com a Agricultura por orientações do setor produtivo.
or
or

Sucesso do agronegócio é fundamental para a economia brasileira e a geração de empregos (Foto: Antonio Costa/Fotos Públicas)

Opinião

Doria é um dos governadores eleitos que já declararam apoio a Bolsonaro (Foto: Reprodução/Twitter)

Opinião

Tentaram boicotar até um programa que visa a ajudar crianças com deficiência física, o Teleton, apenas por que Sílvio Santos agradeceu e enalteceu o presidente eleito (Foto: Reprodução/SBT)

Opinião

O uso de bicicletas reduz problemas na Mobilidade e na Saúde, como a diminuição da poluição (Foto: Rovena Rosa/Ag Brasil/Fotos Públicas)

Opinião

Sao Paulo Brazil Principalmente nuvem (noite), 17 °C
Condições atuais
Nascer do sol: 6:13 am   |   Pôr do sol: 7:29 pm
82%     29.0 km/h     31.083 atm
Previsão
SEX Baixa: 16 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 14 °C Alta: 25 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 30 °C
SEG Baixa: 15 °C Alta: 21 °C
TER Baixa: 14 °C Alta: 20 °C
QUA Baixa: 16 °C Alta: 25 °C
QUI Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SEX Baixa: 17 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 18 °C Alta: 21 °C
DOM Baixa: 18 °C Alta: 21 °C
Guarulhos Brazil Principalmente nuvem (noite), 17 °C
Condições atuais
Nascer do sol: 6:13 am   |   Pôr do sol: 7:29 pm
83%     24.1 km/h     30.916 atm
Previsão
SEX Baixa: 15 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 13 °C Alta: 26 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 30 °C
SEG Baixa: 14 °C Alta: 21 °C
TER Baixa: 13 °C Alta: 20 °C
QUA Baixa: 16 °C Alta: 25 °C
QUI Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SEX Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SáB Baixa: 18 °C Alta: 20 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 21 °C
Osasco Brazil Principalmente nuvem (noite), 17 °C
Condições atuais
Nascer do sol: 6:14 am   |   Pôr do sol: 7:30 pm
82%     30.6 km/h     31.049 atm
Previsão
SEX Baixa: 16 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 14 °C Alta: 25 °C
DOM Baixa: 17 °C Alta: 30 °C
SEG Baixa: 15 °C Alta: 21 °C
TER Baixa: 14 °C Alta: 20 °C
QUA Baixa: 16 °C Alta: 25 °C
QUI Baixa: 17 °C Alta: 22 °C
SEX Baixa: 17 °C Alta: 23 °C
SáB Baixa: 18 °C Alta: 21 °C
DOM Baixa: 18 °C Alta: 21 °C