15.2 C
São Paulo
quinta-feira, julho 7, 2022

Neymar participa de treino, mas não é relacionado para 2º jogo do PSG no Francês

VEJA NOSSA EDIÇÃO VIRTUAL



 

  • Create an account

  • Forgot your username?

  • Forgot your password?

or

or









Esportes



Ainda sem ter seu futuro definido, Neymar participou do início do treinamento deste sábado com os demais companheiros do Paris Saint-Germain pela primeira na semana, mas não foi relacionado para a segunda partida do time parisiense no Campeonato Francês, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Rennes.



O técnico alemão Thomas Tuchel disse, em entrevista coletiva neste sábado, que ainda é “cedo demais” para Neymar voltar aos gramados. Ele participou do aquecimento com o restante do elenco. Na maior parte do exercício, se cercou dos brasileiros, especialmente o zagueiro Thiago Silva, e, em alguns momentos, brincou com Mbappé.



Oficialmente, o clube francês informa que o brasileiro tem treinado separado do grupo porque segue um cronograma individual para se recuperar plenamente da lesão no quinto metatarso do pé direito que o tirou da Copa América.



No entanto, para além da condição física do jogador, há o desejo do craque brasileiro de deixar o PSG. Barcelona e Real Madrid têm interesse em contratar o jogador, que custou 222 milhões de euros (cerca de R$ 822 milhões à época) ao clube francês em agosto de 2017, na maior transação da história do futebol mundial.



Tuchel admitiu que ainda não há uma definição sobre o destino de Neymar, mas reiterou a vontade de contar com o atacante e disse que a equipe francesa se fortalece com a presença do camisa 10 em campo.



“Ele é meu jogador, e está no meu vestiário. Quando penso em uma equipe forte, penso em uma equipe com o Ney. Mas o Ney em um estado de espírito bom, agressivo, correndo, driblando, livre e totalmente em forma. Se eu penso em uma equipe do PSG forte, eu penso em uma equipe com o Ney, sempre”, disse. “Nossa relação é a mesma porque é algo dele com o clube. Se ele não encontrar solução, ele fica aqui com a gente. Ele tem contrato aqui de 3 anos. E nada mudou”, completou o treinador.



O desejo do técnico de contar com Neymar não é o mesmo de parte da torcida. Na estreia do time francês diante do Nimes, que terminou com uma vitória tranquila por 3 a 0, alguns torcedores exibiram faixas contrárias à permanência do jogador no clube e expressaram sua raiva com cânticos contra o atacante brasileiro. Em uma das faixas, estavam os dizeres “vaza, Neymar” – em tradução livre para o português. Em outra, podiam ser lidas mensagens lembrando o episódio em que o jogador foi acusado de estupro pela modelo Najila Trindade.



“Não falei com ele, mas sei que ele é sensível. Estou convencido de que ele sabe que não é fácil entrar e convencer a todos que ele está aqui por nós, mas esse é o desafio que temos e devemos fazer juntos. Eu vou o proteger ele sempre e ao mesmo tempo vou encorajá-lo esperar ele no seu melhor nível possível”, comentou Tuchel.

 





Treinador foi substituído por Akira Nishino, pois teve problemas de comunicação com os jogadores (Foto: Reprodução/Facebook)


Copa 2018

Japão demite técnico dois meses antes da Copa

A Associação de Futebol de Japão (JFA, na sigla em inglês) anunciou oficialmente nesta segunda-feira a demissão do técnico Vahid Halilhodzic, que não resistiu ao momento ruim vivido pela seleção do país. A decisão foi tomada pouco mais de dois meses antes da estreia do time nacional na Copa do Mundo, contra a Colômbia, no dia 19 de junho, em Saransk, na Rússia.

Por meio de comunicado, a entidade também confirmou que o treinador bósnio foi imediatamente substituído por Akira Nishino, o atual diretor-técnico da JFA, que tentará fazer os japoneses reencontrarem o caminho das vitórias visando a disputa do sexto Mundial consecutivo com a presença do país.

Ao justificar a demissão, o presidente da JFA, Kozo Tashima, citou problemas de “comunicação” do comandante com os jogadores e disse que os atletas da seleção também perderam a confiança em Halilhodzic. “Isso se tornou uma situação urgente”, ressaltou o dirigente.

Tashima destacou ainda que a entidade “não teve outra escolha” que não fosse promover algum membro que já fazia parte da entidade para o cargo, tendo em vista o fato de que a Copa do Mundo está muito próxima de começar. “Achamos que o treinador deveria ser alguém que tenha visto esta seleção mais de dentro da nossa associação”, disse.

Em seis participações em Copas do Mundo, o Japão só passou da fase de grupos por duas vezes, sendo que nestas duas ocasiões foi eliminado nas oitavas de final. Isso ocorreu em 2002, sob o comando do francês Philippe Troussier, e depois em 2010, com Takeshi Okada à frente da equipe nacional.

Escolhido para substituir Halilhodzic, Nishino já dirigiu a equipe japonesa do Gamba Osaka e também a seleção olímpica do seu país nos Jogos de Atlanta, em 1996. “Tomamos esta decisão porque eu acho que com ela poderíamos aumentar as chances de a seleção vencer, mesmo que se torne só um pouco mais vencedora”, disse Tashima.

Demitido após ter sido contratado em março de 2015, menos de um ano após levar a Argélia às oitavas de final da Copa de 2014, Halilhodzic caiu agora no Japão depois de ter amargado um empate por 1 a 1 com o Mali e uma derrota por 2 a 1 para a Ucrânia, no final do mês passado, em amistosos de preparação para o próximo Mundial.

Corrida ou spinning: o que é melhor para eliminar quilinhos extras?

Na hora de escolher qual exercício praticar, a maioria das pessoas se baseia nos níveis de queima de calorias, visando à eliminação dos indesejáveis quilinhos extras. Para esse objetivo, corrida e spinning (conhecido também como pedalada indoor) são ótimas opções.

Atividades aeróbicas rítmicas envolvem grande volume muscular. Segundo os cálculos gerais do American College of Sports Medicine, uma pessoa de 80 quilos queima cerca de mil calorias em uma hora de corrida. Já pedalando em uma velocidade constante de 18 a 25 km/h queima cerca de 850 calorias. “É claro que os dados são relativos. Apesar de existir um valor médio para a perda de peso, a intensidade é fator determinante”, comenta a Dra. Karina Hatano, médica do exercício e do esporte.

Entretanto, a corrida apresenta alguns aspectos negativos, pois oferece mais riscos de lesões que podem se tornar crônicas, principalmente no joelho, quadril e tornozelo. Já o spinning é mais suave por ser de baixo impacto, traz enormes benefícios ao sistema cardiovascular e ajuda a fortalecer pernas e coxas. Para produzirem resultados significativos, é fundamental a orientação de um especialista. A melhor atividade será aquela que a pessoa mais gosta e o recomendado pelo médico após avaliação. E, se liberado pelo especialista, pode, inclusive, associar as duas modalidades.  

Com gols, Rodriguinho cresce e vira protagonista de título corintiano

O Paulistão deste ano talvez não tenha sido o melhor campeonato de Rodriguinho, mas foi neste torneio que ele se mostrou mais importante e deixou de ser coadjuvante no Corinthians. O meia assumiu a responsabilidade de ser o cérebro da equipe e, além de ditar o ritmo da equipe, conseguiu marcar gols importantes na campanha do bicampeonato estadual.
Aos 47 minutos do segundo tempo contra o time do Morumbi, quando o Corinthians parecia eliminado, ele usou a cabeça para manter o time vivo na disputa na vitória por 1 a 0 na arena corintiana no confronto de volta da semifinal. No último domingo, na grande finalíssima da competição, mais uma vez ele mostrou sua estrela e, no primeiro minuto, superou Jailson.

“Fico muito feliz de estar sendo decisivo em momentos importantes do time. Divido isso com meus companheiros. Todo mundo tem seu momento de protagonista, como fiz gol hoje (domingo), o Cássio pegou pênalti, Maycon fez gol contra o Bragantino… Todo mundo teve seu momento”, comentou o meia, mostrando humildade.



A mudança do esquema tático, a queda de rendimento e a lesão de Jadson foram fundamentais para que Rodriguinho pudesse brilhar no Campeonato Paulista. No ano passado, ele teve destaque, mas os aplausos foram para Jô, Jadson e Guilherme Arana. Por isso, vencer o Palmeiras fazendo gol teve um gosto especial para o meio-campista.

“Foi incrível o que conseguimos fazer aqui. Nos reerguemos rapidamente depois da derrota (no primeiro jogo). No dia seguinte, todo mundo sabia que teríamos condições de vir aqui e sair com o título. Esse grupo está de parabéns por tudo o que foi feito no torneio. Temos de seguir fortes porque virão muitas batalhas pela frente”, comentou.

Neste ano, tudo mudou. A esperança de ser convocado por Tite para a seleção e a mudança no esquema tático fizeram Rodriguinho crescer em campo e sua participação se tornou fundamental para a evolução do time. Quando ele não estava bem ou era bem marcado, como aconteceu no primeiro jogo da decisão, a equipe não rendia.

“Eu, se enfrentasse o Corinthians, a primeira coisa que faria era marcar o Rodriguinho. É o jogador que faz o time rodar”, disse o técnico Fábio Carille, reforçando a importância do jogador.

A possibilidade de disputar uma Copa do Mundo, algo que parecia inimaginável para o jogador até o começo do ano passado, deu uma motivação extra ao jogador, que admitiu ter ficado frustrado por não ter sido convocado por Tite para os amistosos contra Rússia e Alemanha, os dois últimos testes antes do anúncio oficial dos convocados para a Copa do Mundo.

Entretanto, ele não deixou isso abalá-lo e, mesmo com a decepção de aparecer longe da lista dos que vão para a Rússia, manteve o bom futebol e se tornou o alvo dos adversários, para tentar parar o Corinthians. No primeiro jogo da decisão, por exemplo, o Palmeiras fez uma marcação especial em cima dele e isso ajudou a vencer a partida por 1 a 0.

Com o título do Paulistão, Rodriguinho sobe mais um pouco de patamar e consegue mostrar que também pode ser protagonista. Sorte de Fábio Carille e, quem sabe, de Tite.

 





Zucatelli foi um dos demitidos pela direção da Rede TV! (Foto: Reprodução/Facebook)


Fora dos Trilhos

Tony Auad: Com baixa audiência, Rede TV! demite em série e deve apostar em esportes

Hoje eu inicio a minha coluna comentando as demissões na Rede TV!. A emissora não consegue emplacar sua programação, até porque tem a menor audiência da TV aberta em São Paulo. Toda a sua grade não chega a 1%, com uma média apenas de 0.36%, muito pouco para um canal que se apresenta como competitivo.

Entretanto, apesar da emissora não ter uma programação atrativa, promoveu na semana passada uma série de demissões, começando por Celso Zucatelli, além da limpa no seu quadro de repórteres e apresentadores. A direção não tem parâmetros  para demitir, mesmo sabendo que não possui uma grade que possa atrair os telespectadores.

Para se ter uma ideia, o Departamento Comercial da Rede TV! cobra de qualquer concessionário que queira um horário na emissora a média de R$ 65 mil a hora, um preço não compatível com a audiência que possui, aliado a uma grande diferença no mercado de São Paulo.

A Rede TV!, apesar de ser uma emissora muito bem equipada, não consegue mudar o seu desempenho, até porque tem como opção para gerar receitas a locação de horários para as igrejas evangélicas. Com uma programação sem alternativa para atrair  os telespectadores, o canal não consegue pontuar no Ibope, perdendo, às vezes, até para a TV Cultura.

Com isso, comenta-se à boca pequena que a direção da Rede TV estuda a possibilidade de a emissora virar um canal  exclusivamente de esportes a partir do próximo ano. Tanto é verdade que a Rede TV já transmite os jogos da Série B e acaba de negociar os direitos para a transmissão do Campeonato Italiano. Talvez seja esse o único caminho.

O autor Carlos Lombardi voltou a tocar novamente o projeto Mamonas Assassinas,   que deverá virar filme e série a partir do segundo semestre deste ano, na Record TV. O projeto foi engavetado, no ano passado,  por falta de acordo entre as partes. Entretanto, agora, com a liberação, a iniciativa vai caminhar.

Os Experientes, seriado que a Globo começa gravar na próxima semana, terá Stênio Garcia e Rosamaria Murtinho, com previsão de estreia em junho, a partir das 23h. As gravações vão acontecer na cidade de Praia Grande, litoral de São Paulo. A emissora pretende investir em séries e conquistar o horário das 23h definitivamente.

A TV Cultura deve mudar a sua grade de programação nos próximos dias. A emissora quer popularizar a sua grade, mas sem deixar de manter o cunho cultural que se propõe desde a sua fundação. A ideia é ter programas musicais, como novas opções para os seus telespectadores.

Frase final: “Se o conhecimento pode criar problemas, não é por meio da ignorância que podemos solucioná-los.” (Isaac Asimov)

LEIA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS