App estuda criar opção para usuário ouvir áudio antes de enviá-lo (Foto: Reprodução/Facebook)

Fora dos Trilhos

Durante o mês passado, o WhatsApp, em atualizações de teste, mostrou que pretende realizar mudanças em alguns recursos e adicionar outros ao aplicativo. Um dos mais esperados é o aumento de tempo para deletar uma mensagem, pulando dos atuais sete minutos para oito minutos e 16 segundos. No iPhone, esta novidade já chegou.

Outra inovação é a integração com o Reply, do Google, que permite enviar respostas automáticas ao invés de digitar sua própria mensagem. O recurso usa inteligência artificial para ler mensagens e sugerir réplicas por diversos aplicativos, mas no WhatsApp a função fica bastante fluída.

Para quem gosta de conversar por áudio e não curte ficar com o dedo apertando o botão de gravação no aplicativo, essa mudança é bastante comemorada: em versão de testes, é possível travar o botão e tirar o dedo da tela. Mesmo assim, o aplicativo segue gravando sua voz e, no final, envia tudo ao destinatário. O WhatsApp também pretende adicionar um recurso para escutar seus áudios antes que eles cheguem no outro celular.

Os grupos também terão mudanças: será possível, em breve, pesquisar por membros, facilmente, e realizar uma descrição para as conversas. Além do nome e da foto, uma frase pode ser colocada neste espaço

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Versão beta com nova função já está disponível (Foto: Allan White/Fotos Públicas)

Tecnologia

O aplicativo WhatsApp está prestes a ganhar um novo recurso que vai facilitar a vida dos usuários: a seleção e execução de ações em massa nas mensagens. Já é possível testar na versão Beta do serviço e, ao invés de selecionar item por item para marcá-los como lido ou arquivá-los, fica mais fácil aplicar uma ação em todos.

A função faz parte da versão 2.18.160 do WhatsApp Beta, programa de testes do mensageiro. Logo a opção estará disponível no mesmo botão onde é possível visualizar mais informações sobre um contato específico. Com todas as conversas selecionadas, é possível marcá-las como lidas, arquivá-las ou silenciá-las, por exemplo.

Ainda não se tem uma previsão de quando o recurso estará disponível para os usuários comuns. No entanto, não costuma demorar muito: em sua última atualização, o aplicativo passou a permitir o bloqueio do botão que grava mensagens de voz, para que os utilizadores não precisem apertá-lo por muito tempo.

Inicialmente, os testes estão sendo realizados apenas para Android, mas também é comum que os novos recursos sejam incluídos em futuras versões do iOS. As informações são do principal blog de WhatsApp do mundo, o wabetainfo.

Apesar do susto, não é possível instalar um vírus em um smartphone por meio de mensagens pelo WhatsApp (Foto: Reprodução/Facebook)

Tecnologia

Desde a semana passada, uma falha no WhatsApp para Android é utilizada para assustar usuários do Brasil. O “link do esquilo” utiliza uma vulnerabilidade em que o aplicativo não consegue interpretar um conjunto de caracteres ocultos, que é acionada quando o usuário toca no emoji.


A falha não é tão ofensiva quanto andou se espalhando. Não se trata de um supervírus, que poderia inutilizar o aparelho. Basta reiniciar o app que o celular volta ao normal. Para apagar a mensagem, é necessário utilizar o WhatsApp Web (por meio de um PC) ou excluir a conversa por inteiro.


Para evitar problemas com fraudes, porém, recomenda-se estar atento a links compartilhados, seja individualmente ou em grupo. Conforme o programador Ronaldo Prass relatou ao blog Tira-Dúvidas de Tecnologia, o “link do esquilo” não atinge todos os modelos Android e não oferece risco à segurança das informações dos usuários que caírem na brincadeira.

App facilita comunicação entre empresas e consumidores

Tecnologia

O WhatsApp, um dos aplicativos mais utilizados nos celulares dos brasileiros, liberou, na semana passada, a versão Business do mensageiro para usuários do País. O app está disponível para celulares Android e permite a criação de um perfil com endereço físico, horário de funcionamento, e-mail e expõe até  informações de site.

Não é necessário possuir CNPJ ou pagar taxas, já que os recursos pagos e opcionais serão adicionados futuramente. O WhatsApp Business é uma versão voltada para a comunicação entre empresas de pequeno e médio porte com seus clientes..

Para que o estabelecimento entre em contato com o usuário, é necessário que a pessoa forneça o número de celular ou tenha acionado primeiro a empresa por meio do aplicativo.

O WhatsApp Business permite respostas rápidas para perguntas frequentes, saudações apresentando a empresa e avisos automáticos, caso o estabelecimento esteja fora do horário de atendimento.

Ainda não se sabe quando será liberada uma versão para iPhone. O app funciona também no computador, similar ao que ocorre hoje com o WhatsApp Web. Além do Brasil, o aplicativo também funciona nos Estados Unidos, Reino Unido, Indonésia, Itália e México.

Crimes cometidos no mundo virtual deixam rastros (Foto: Allan White/Fotos Públicas)

Opinião

Ainda me lembro do tempo em que telefone fixo era uma raridade nas residências das famílias da classe média; aqueles que gozavam de condição financeira mais estável até investiam comprando duas ou mais linhas. Vivíamos felizes na era das fichas telefônicas vendidas em cartelinhas da Telesp e das filas nos orelhões públicos.


Na década de 1990, o Brasil foi tomado pela febre do grande avanço no mundo das telecomunicações com a comercialização dos aparelhos celulares Motorola PT-550, conhecidos como tijolões. Os aparelhos foram se modernizando e ficando menores e mais leves, surgindo assim, a geração do 2G e 2,5G dando início à tecnologia digital. No final da década de 1990 e início do ano 2000, a tecnologia evoluiu para a 3G e 3,5G, trazendo maior velocidade à conexão.


A quarta geração da telefonia móvel está a pleno vapor, primando pela velocidade cada vez maior na transmissão de dados via internet. Com a evolução das ferramentas tecnológicas e o surgimento de incalculáveis aplicativos de comunicação a rede virtual passou a dominar o relacionamento entre as pessoas.


Foi necessário ajustar o ordenamento jurídico ao ambiente virtual. Foi editada, assim, a Lei 12.737/12, criando a tipificação dos delitos informáticos. Já em 2014 foi editada a Lei 12.965, intitulada como Marco Civil da Internet, criando princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet no Brasil. Atualmente vivemos a febre do WhatsApp, aplicativo que foi lançado no Brasil em 2009 para troca de mensagens de texto em tempo real, além de fotos, vídeos e documentos.


A utilização do aplicativo pela grande massa tem causado diversas polêmicas no mundo jurídico, tendo até sido alvo de bloqueios e aplicação de multa por descumprimento de determinações judiciais. Recentemente, a 34ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP firmou o entendimento de que os administradores de grupos de WhatsApp são responsáveis por ofensas proferidas por seus membros, caso não tomem providências para impedir o ilícito, e repressivas, para punir o infrator. Os atos praticados no mundo virtual deixam rastros e poderão ser responsabilizados nos âmbitos cível e criminal.

*Cristiano Medina da Rocha é advogado e professor universitário

Organização Mundial da Saúde desmentiu a existência do caso de H2N3 no Brasil (Foto: Reprodução/ Facebook)

Saúde

Áudio que circula nas redes sociais e aplicativos de smartphones propaga informações inverídicas. O Ministério da Saúde informou que não existe um coletivo do vírus H2N3, um dos tipos do vírus influenza,  no Brasil. Os vírus influenza que circulam no País são o influenza A/H1N1pdm09, A/H3N2 e influenza B. A vacina contra gripe protege contra os três tipos de vírus.

O País possui uma rede de unidades sentinelas para vigilância do influenza, distribuídas em serviços de saúde. Com esta rede, é possível monitorar a circulação do vírus por meio da captação de casos de síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave.

(Foto: Arquivo pessoal)

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Infantino afirmou que a Copa foi a melhor de todas por causa da arbitragem (Foto: Kin Saito/ CBF)

Copa 2018

França conquistou seu segundo título mundial em 20 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Copa 2018

Presidente da Fifa se esquivou de perguntas políticas (Foto: Fotos Públicas)

Copa 2018

Jogador admite que na Eurocopa havia um clima de "já ganhou" (Foto: Reprodução/Facebook)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Jardim Botânico de Curitiba é um dos mais famosos do Brasil (Foto: Daniel Castellano/SMCS/Fotos Públicas)

Opinião

Ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles não está bem nas pesquisas, mas ele se mantém otimista (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABR)

Opinião

Pessoas geralmente esperam que o caixa seja apenas ágil, mas, às vezes, ele pode te surpreender (Foto: Tânia Rêgo/ABR/Fotos Públicas)

Opinião

Próximo presidente brasileiro deve seguir exemplo de Amlo (Foto: Reprodução/Facebook)

Opinião