Dirigente sofreu parada cardíaca após evento na Cidade do Galo (Reprodução/Twitter)

Esporte

Bebeto de Freitas, que construiu uma história de sucesso no vôlei e no futebol, morreu aos 68 anos nesta terça-feira, 13, após sofrer uma parada cardíaca em Minas. 

Diretor de administração e controle do Atlético-MG, ele estava em um evento na Cidade do Galo - lançamento do time de futebol americano do clube -, quando passou mal. Foi atendido prontamente, segundo informações do clube mineiro, mas não resistiu. Por causa do óbito, o Atlético decretou luto oficial de três dias.

Freitas também foi jogador e técnico de vôlei. Como treinador, ele dirigiu as seleções brasileira e italiana. Pelo Brasil, ele foi medalha de prata na Olimpíada de 84, disputada em Los Angeles. Já na Itália, ele conquistou uma Liga Mundial e uma Copa do Mundo. 

Além de ter sido dirigente do Atlético-MG, Bebeto foi presidente do Botafogo. Inclusive, em um momento de fúria, anunciou a sua saída do clube carioca durante uma entrevista coletiva, logo após perder a decisão do Campeonato Carioca para o Flamengo, em 2008. Três anos depois, ele foi expulso do quadro social do Fogão por não ter as contas de sua gestão aprovadas. 

Carreira

Bebeto foi jogador de vôlei do Botafogo, pelo qual conquistou 11 títulos estaduais consecutivos. Ganhou destaque como técnico da seleção brasileira masculina da modalidade, que ele conduziu ao vice-campeonato mundial de 1982 e ainda à medalha de prata na Olimpíada de 1984, em Los Angeles, onde liderou um time repleto de craques como William, Xandó, Montanaro e Renan. 

Paulo Roberto Freitas, o Bebeto de Freitas, também foi o treinador do time da Atlântica Boavista na década de 1980, que rivalizou com a Pirelli, equipes que se tornaram referência no mundo do vôlei. Na década seguinte, descontente com a Confederação Brasileira de Vôlei, foi para o exterior, onde treinou a seleção italiana, sagrando-se campeão da Liga Mundial, em 1997, e do Mundial, em 1998.

Já em sua carreira como dirigente, a sua primeira passagem pelo Atlético-MG ocorreu em 1999, antes de voltar a trabalhar no clube em 2001. Foi também presidente do Botafogo entre 2003 e 2008 e em 2009 retornou ao Atlético como diretor-executivo. Bebeto também era sobrinho do lendário jornalista João Saldanha, botafoguense de coração como o sobrinho.

*Com informações da Agência Estado

Atlético MG

 

 

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Atacante marcou em seu 100º jogo com a camisa uruguaia (Foto: Reprodução/Instagram/aufoficial)

Copa 2018

Atletas de Portugal abraçam Cristiano Ronaldo, que marcou quatro gols em dois jogos na Copa do Mundo (Foto: Divulgação/www.fpf.pt)

Copa 2018

Cheryshev marcou novamente para a Rússia e seleção anfitriã se aproxima da vaga (Foto: Reprodução/ Twitter Team Rússia)

Copa 2018

Senegal divide liderança do Grupo H com o Japão (Foto; Reprodução/Facebook FSF)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

População idosa cresce a cada dia no Brasil (Foto: Arnaldo Felix / Prefeitura de Caruaru/Fotos Públicas)

Opinião

Presidente norte-americano foi questionado até pela primeira-dama dos EUA (Foto: G7 Organização/Fotos Públicas)

Opinião

Museu dedicado a Mazzaropi em Taubaté. Ele foi um dos grandes nomes do cinema nacional (Foto: Miguel Schincariol/GESP/Fotos Públicas)

Opinião

Romero Jucá deve concorrer novamente a uma cadeira no Senado, mesmo com inquéritos abertos no STF (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Opinião