Polêmica com bolas já é algo comum antes de Copas (Foto: Reprodução/Facebook)

Copa 2018

Na semana passada, após os amistosos de equipes classificadas para a Copa do Mundo e o primeiro teste com a bola oficial do torneio, a Telstar 18, goleiros reclamaram que a redonda é “estranha”. “Poderiam ter feito uma bola melhor. Ela é coberta por uma película plástica, que dificulta que você a agarre”, reclamou o arqueiro espanhol Pepe Reina.

Antes do jogo entre Brasil e Alemanha, na terça-feira, 27, o goleiro alemão Ter Stegen afirmou que a Telstar 18 poderia ser melhorada. “Mesmo que nem sempre se possa culpar a bola, é notável que está complicado para os arqueiros.”

Essa não é a 1ª vez que uma bola oficial de Copa do Mundo é motivo de insatisfação de jogadores. O caso mais emblemático foi o da Jabulani, em 2010. O então goleiro da Seleção Brasileira, Julio César, afirmou, à época, que ela era como uma “bola de supermercado”. O desagrado era porque a redonda era leve demais.

Em 2014, no Brasil, a Brazuca também não caiu nas graças dos atletas. “É uma bola que flutua demais, muito rápida e dificulta a vida dos goleiros”, afirmou o colombiano Ospina.

Nas copas dos anos 1950 e 1960, a reclamação era que as bolas eram feitas de couro e, quando molhadas, ficavam com peso dobrado. A última assim foi a Tango España, de 1978. Em 1994, dizia-se que a Questa atrapalhava por ser veloz demais.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Infantino afirmou que a Copa foi a melhor de todas por causa da arbitragem (Foto: Kin Saito/ CBF)

Copa 2018

França conquistou seu segundo título mundial em 20 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Copa 2018

Presidente da Fifa se esquivou de perguntas políticas (Foto: Fotos Públicas)

Copa 2018

Jogador admite que na Eurocopa havia um clima de "já ganhou" (Foto: Reprodução/Facebook)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Jardim Botânico de Curitiba é um dos mais famosos do Brasil (Foto: Daniel Castellano/SMCS/Fotos Públicas)

Opinião

Ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles não está bem nas pesquisas, mas ele se mantém otimista (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABR)

Opinião

Pessoas geralmente esperam que o caixa seja apenas ágil, mas, às vezes, ele pode te surpreender (Foto: Tânia Rêgo/ABR/Fotos Públicas)

Opinião

Próximo presidente brasileiro deve seguir exemplo de Amlo (Foto: Reprodução/Facebook)

Opinião