19
Seg, Nov

Conexão Mulher
Tenho dois miomas no útero e, há três anos, não aumentavam. Neste último ano, o fluxo sanguíneo na menstruação aumentou muito, acarretando em uma anemia, que também está controlada. A última ginecologista com quem passei queria me dar um remédio para cessar a menstruação. Só que a opinião de um endocrinologista é que eu devo aguardar, pois isso poderia descontrolar meus hormônios, principalmente a tireoide, que eu já faço tratamento também. Gostaria de uma orientação. Anônima, 48 anos, secretária A primeira atitude será reavaliar os miomas uterinos e verificar se não são a causa do sangramento. Também, simultaneamente, excluir qualquer outra alteração que justifique o fluxo aumentado. Caso todos os exames sejam negativos conclui-se que a razão é uma disfunção hormonal decorrente da idade: as alterações do climatério. Recomendo que você vá ao ginecologista para que tudo seja esclarecido e se tranquilize.   Gostaria de saber se o autoexame nos seios é realmente confiável e se existe alguma dica ou técnica especial que possa torná-lo mais efetivo. Vanessa Soares, 19 anos, recepcionista administrativa É muito confiável, sim. Quando adequadamente executado dá indícios de nodulações ou retrações no tecido mamário, que podem colaborar para o tratamento adequado. Entretanto não pode ser considerado um exame preventivo, mas sim orientador. A mamografia ainda é o método ideal para identificar alterações precursoras de câncer de mama. A ultrassonografia ajuda a diagnosticar nódulos ou custos. O autoexame ajuda na consulta ao mastologista, no interesse para esclarecer os achados e fundamentalmente no trabalho educativo e de autoconhecimento. É muito importante que a mulher aprenda a se olhar e identificar alterações.   Dr. Antonio Pedro Auge é tocoginecologista e professor adjunto da Santa Casa de São Paulo E-mail: pedroauge@metronews.com.br Não fique em dúvida! Envie sua pergunta para esta coluna.

Deixe seu comentário

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

VEJA NOSSA EDIÇÃO VIRTUAL

or
or