11.3 C
São Paulo
sexta-feira, agosto 19, 2022

Capital paulista inspeciona mulher com suspeita de varíola dos macacos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) identificou 780 casos de varíola dos macacos em 27 países distintos recentemente. O número pode aumentar, mas, desta vez, em humanos. Em São Paulo, a Prefeitura municipal analisa o estado de saúde de uma mulher hospitalizada com suspeita de ter adquirido a doença.

Aos 26 anos de idade, ela está com estado de saúde equilibrado, segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB). Ainda assim, familiares a pessoas próximas à mulher estão no radar de acompanhamento da gestão para, caso o diagnóstico seja validado, tenham um mapeamento da prolongação da contaminação.

Na última segunda-feira (6), o governo estadual admitiu que um caso estava em investigação ativa na capital. Por meio de nota oficial, a gestão de Rodrigo Garcia garantiu que “no momento, o Centro de Vigilância Epidemiológico (CVE) estadual e a prefeitura de São Paulo investigam um paciente para descartar qualquer hipótese da doença”.

Em síntese, o Brasil ainda não detectou nenhum caso confirmado da varíola dos macacos. O Ministério da Saúde apontou, também na última segunda, que sete casos estão em investigação.

Estados como  Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina possuem, cada um, um caso suspeito cada. Além disso, mais dois casos estão na etapa de monitoramento em Rondônia.

De acordo com a pasta, os pacientes “seguem isolados e em recuperação, sendo monitorados pelas equipes de vigilância em saúde. A investigação dos casos está em andamento e será feita coleta para análise laboratorial”.

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS